12:18


15 de Abril de 2010

 

Patrocinado por




Você está em Economia
Início do conteúdo

Triunfo vence disputa por três rodovias, com deságio de 52% em tarifa

Empresa ofereceu uma tarifa de pedágio de R$ 2,851 pelas BRs-060, 153 e 262, no Distrito Federal, Goiás e Minas Gerais

04 de dezembro de 2013 | 10h 35
Luciana Collet, Wladimir D'Andrade e Sandra Manfrini, da Agência Estado - Atualizado às 11h02

SÃO PAULO - A Triunfo Participações e Investimentos venceu na manhã desta quarta-feira, 4, o leilão para a concessão das BRs-060/153/262 (DF/GO/MG), ao oferecer uma tarifa de pedágio de R$ 2,851 por 100 quilômetros de rodovia, o que corresponde a um deságio de 52% ante o valor máximo permitido, de R$ 5,94. O desconto ficou em linha com o observado no leilão da semana passada, da BR-163 (MT), quando a Odebrecht levou a concessão também oferecendo um deságio de 52%.

A ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, comemorou o resultado do leilão. "Mais um sucesso do programa de concessões! BR060 BR153 BR262 com deságio de 52%", afirmou a ministra por meio da conta da Casa Civil no microblog Twitter.

Nas propostas de hoje, a Invepar ofereceu tarifa de R$ 0,03437, com desconto de 42,13%. O Consórcio Via Capital, com EcoRodovias, Coimex Empreendimentos e Participações, Rio Novo Locações, Tervap Pitanga Mineração e Pavimentação, Contek Engenharia, A.

Madeira Indústria e Comércio e Urbesa Administração e Participações, propôs tarifa de R$ 0,03493, com deságio de 41,19%. O consórcio Rodovias Federais 2013, formado exclusivamente por empresas do grupo Queiroz Galvão (Queiroz Galvão Desenvolvimento de Negócios e a Construtora Queiroz Galvão), ofereceu R$ 0,03683, com deságio de 37,99%. A CCR ofereceu tarifa de R$ R$ 0,04668, o que corresponde a um desconto de 21,41%.

A concessão é por 30 anos e inclui os trechos das rodovias BR-060, 153 e 262 que passam por Distrito Federal, Goiás e Minas Gerais, totalizando 1.176,5 quilômetros. Os investimentos somam R$ 7,15 bilhões, sendo R$ 3,98 bilhões nos primeiros cinco anos de concessão, período durante o qual deverão ser duplicados 647,8 quilômetros.

A Triunfo já possui ativos rodoviários por meio das concessionárias Concepa (RS), Concer (BR-040 - MG/RJ) e Econorte (PR). Em fevereiro de 2012 a Triunfo adquiriu a concessão do Aeroporto de Viracopos (Campinas-SP) por R$ 3,8 bilhões - o consórcio foi formado junto com a UTC Participações e a operadora francesa Egis.

A empresa também atua nos segmentos de geração de energia com as concessionárias Rio Verde e Rio Canoas, e portuário com o terminal catarinense Portonave.





Estadão PME - Links patrocinados

Anuncie aqui


Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo