Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Economia & Negócios

Economia » 28 empresas do Ibovespa já valem menos da metade

Economia & Negócios

28 empresas do Ibovespa já valem menos da metade

Em relação às máximas históricas, Petrobrás teve a maior queda em termos nominais, seguida de Vale

0

Suzana Inhesta,
O Estado de S.Paulo

20 Janeiro 2016 | 08h13

Das 57 empresas que compõem o principal índice da BM&FBovespa, o Ibovespa, 28 perderam mais de 50% do valor de mercado desde as suas máximas históricas até o pregão da última segunda-feira, conforme levantamento da Economática. Segundo a consultoria, a Gerdau Metalúrgica (GOAU4) é a companhia que teve maior porcentual de queda, enquanto Petrobrás foi a que mais perdeu em termos nominais, seguida por Vale.

No caso da Gerdau Metalúrgica, entre a sua máxima histórica – em 09 de junho de 2008, a companhia era avaliada por R$ 23,3 bilhões – e ontem, as perdas foram de 95,77%, para R$ 988 milhões.

Já a queda acumulada da Petrobrás foi de 85,55% entre a sua máxima histórica (21 de maio de 2008, quando a empresa valia R$ 510,3 bilhões) até segunda-feira, quando seu valor de mercado ficou em R$ 73,7 bilhões. A redução, em termos nominais, foi de R$ 436,6 bilhões.

Ainda no levantamento da Economática, a Vale é a segunda empresa com a maior queda de valor de mercado nominal entre o máximo de R$ 322,9 bilhões, que foi registrado no dia 16 de maio de 2008 e a última segunda, com R$ 41,9 bilhões. A redução de valor no período foi de R$ 280,9 bilhões e o porcentual, 86,99%.

Ranking. Conforme adiantado pelo Broadcast, serviço em tempo real da Agência Estado, a Vale está prestes a deixar o ranking das 10 principais empresas do País em valor de mercado.

No fechamento de 2015, conforme dados da Economática, a mineradora ocupava a sexta posição na lista, uma colocação a menos do que em 2014.

Nesses primeiros 16 dias de janeiro, sob a influência de China e preços do minério de ferro, caiu para a décima posição.

Mais conteúdo sobre:

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.