Amanda Perobelli/Estadão
Amanda Perobelli/Estadão

Abilio Diniz diz que situação da BRF é ‘nada anormal’

SÃO PAULO e RIO - “Nada anormal.” É assim que o presidente do Conselho de Administração e acionista da BRF, Abilio Diniz, interpreta o momento da empresa. O grupo realizará no dia 26 de abril uma Assembleia-Geral Extraordinária que pode decidir para votar a destituição do atual Conselho, o que pode tirá-lo do colegiado, conforme proposto pelos fundos de pensão Petros, da Petrobrás, e Previ, do Banco do Brasil.

DAYANNE SOUSA e DENISE LUNA, O Estado de S.Paulo

20 Março 2018 | 05h00

Na convenção da Associação Brasileira de Supermercados (Abras), no Rio de Janeiro, Abilio disse que o que a BRF vive são coisas típicas de grandes corporações. O empresário disse ainda estar “sereno e tranquilo”.

Para ele, a BRF sofreu com uma “conjugação de resultados provenientes de fatores internos e externos”. Ele criticou acionistas da empresa e disse que houve “exacerbação” por parte de alguns deles. Abilio concluiu dizendo que a BRF “vai se recuperar e superar isso”. 

Abilio disse ainda que o Brasil já saiu da recessão e está “subindo a ladeira”. Para o empresário, com estabilidade econômica e política, o brasileiro terá condições de votar “muito bem” nas eleições.

Segundo ele, a melhora do País vem sendo demonstrada pelo aumento do nível de emprego. “Nós estamos crescendo, o desemprego está diminuindo, então já saímos de um período ruim”, disse Abilio Diniz. / DAYANNE SOUSA e DENISE LUNA, DO RIO

Mais conteúdo sobre:
Abilio Diniz BRF

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.