1. Usuário
E&N
Assine o Estadão
assine

Ações asiáticas atingem máxima de 3 anos com otimismo econômico

WAYNE COLE - REUTERS

02 Julho 2014 | 07h 43

As ações asiáticas atingiram máxima de três anos nesta quarta-feira, na esteira de dados econômicos globais positivos que estimularam o apetite por risco e ajudaram Wall Street a experimentar máximas históricas.

"Mercados globais de ações e de crédito estão sentindo os efeitos positivos de dados de atividade mais firmes nas maiores economias do mundo, com exceção da zona do euro", escreveram analistas do Barclays em nota para clientes.

"Nossa confiança sobre a atividade industrial global se recuperou das quedas no primeiro trimestre, e componentes agregados futuros sugerem que a melhora deve durar no segundo semestre".

Às 7h36 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão subia 1,29 por cento, avançando para terreno não visto desde maio de 2011. O índice japonês Nikkei teve alta de 0,3 por cento e marcou seu nível mais alto em mais de cinco meses.

Os índices norte-americanos Dow Jones e S&P 500 fecharam em máximas recordes na terça-feira, como também o índice acionário mundial do MSCI.