1. Usuário
E&N
Assine o Estadão
assine

Ações asiáticas fecham em alta, impulsionadas por Wall Street

LISA TWARONITE - REUTERS

19 Agosto 2014 | 07h 51

As ações asiáticas subiram nesta terça-feira depois que Wall Street avançou para seu nível mais alto desde o final de julho.

Às 7h29 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão avançava 0,71 por cento. O índice japonês Nikkei fechou em alta de 0,83 por cento, subindo pelo sétimo dia consecutivo.

"A confiança está de volta pois temos ações e dados fortes dos Estados Unidos", disse o analista técnico sênior da Daiwa Securities, Hikaru Sato.

As ações norte-americanas marcaram ganhos sólidos na segunda-feira após dados positivos sobre moradia serem divulgados e a situação na Ucrânia mostrar algum sinal de esperança de que o conflito será contido. O índice Nasdaq ultrapassou a marca de 4.500 pontos pela primeira vez desde março de 2000.

Investidores estarão atentos à divulgação na quarta-feira da ata da reunião de política de julho do Federal Reserve, banco central dos EUA, bem como eventuais comentários da cúpula do Fed em Jackson Hole, Wyoming, que começa na quinta-feira.

"Algumas autoridades do Fed têm falado sobre a necessidade de uma alta antecipada dos juros, portanto investidores também vão procurar se há uma tendência mais 'hawkish' na ata do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês)", disse a diretora-gerente da BK Asset Management, Kathy Lien.

Janet Yellen deve falar na sexta-feira, sua primeira aparição em Jackson Hole no comando do Fed.