1. Usuário
E&N
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Bovespa segue mau humor externo e cai 2,6%; dólar sobe

- Atualizado: 11 Fevereiro 2016 | 19h 02

Queda do preço do preço das commodities afetou as bolsas de valores em todo o mundo; dólar subiu para R$ 3,98

A aversão ao risco global atingiu a Bovespa, que fechou nesta quinta-feira, 11, em queda pela terceira sessão consecutiva. O Ibovespa perdeu na largada o nível de 40 mil pontos e, perto do final, chegou a operar na casa dos 38 mil, se recuperando um pouco no final, quando Wall Street também suavizou as perdas. 

O Ibovespa terminou a sessão com baixa de 2,62%, aos 39.318,60 pontos. Na mínima, marcou 38.928 pontos (-3,59%) e, na máxima, 40.370 pontos (-0,02%). Nestes três pregões, cedeu 3,68%. No mês, cai 2,69%, e, no ano, 9,30%.

 busca por segurança também respingou no mercado de câmbio e o dólar subiu hoje ante o real pelo terceiro dia útil seguido. A moeda americana subiu 1,43%, aos R$ 3,9889, na máxima do dia, acumulando +2,27% em três dias úteis.

Ações da Vale têm forte baixa nesta quinta-feira

Ações da Vale têm forte baixa nesta quinta-feira

No começo do dia, os investidores reagiram à onda baixista que assolou as bolsas globais, por conta do recuo de commodities como o petróleo, que operou hoje abaixo de US$ 27 o barril na Nymex praticamente o dia todo. Noticiários corporativos relacionados o setor também prejudicaram os negócios, com destaque para o prejuízo da Rio Tinto em 2015 e para a queda da produção de cobre e zinco da Glencore no quarto trimestre. 

Aqui, a ação ON da Petrobras caiu 3,43% e a PN, 1,86%. Vale recuou 3,24% na ON e 4,14% na PNA. Mas foi o setor siderúrgico que realmente exibiu perdas vultosas: Gerdau Metalúrgica PN caiu 15,44%, Usiminas PNA, 12,37%, Gerdau PN, 11,64%, e CSN ON, 10,80%.

Cabe destacar que os depoimentos da presidente do Federal Reserve, Janet Yellen, na Câmara (ontem) e no Senado (hoje) dos EUA influenciaram o comportamento dos ativos. Embora na quarta-feira o mercado tenha visto com bons olhos sua fala, hoje, os agentes avaliaram que ela fez comentários muito negativos em relação à perspectiva da economia global, o que acabou alimentando o temor e a incerteza dos investidores. 

À tarde, a notícia de que o governo adiou o corte orçamentário de amanhã para março não pegou bem na Bolsa e coincidiu com mínimas da sessão no meio da tarde. 

Apenas três ações terminaram em alta no Ibovespa hoje: MRV ON (+1,45%), Natura ON (+0,96%) e Suzano PNA (+0,93%). 

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em EconomiaX