1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Ações na Europa fecham com poucas mudanças, exceto em Portugal

FRANCESCO CANE - REUTERS

09 Julho 2014 | 15h 15

As principais bolsas europeias terminaram com poucas mudanças nesta quarta-feira, em um dia de declínio do mercado de ações português, que foi atingido por preocupações sobre a saúde de um dos principais grupos financeiros do país.

O FTSEurofirst 300, que no final de junho atingiu uma máxima de seis anos e meio, fechou estável em 1.363,46 pontos. O volume de negócios foi 15 por cento abaixo da média.

O índice Euro STOXX 50 fechou com um avanço de 0,59 por cento, recuperando algum terreno perdido na terça-feira, quando caiu 1,4 por cento.

O índice de referência PSI de Lisboa caiu 2,13 por cento, liderado pelo colapso de 10 por cento do Espirito Santo Financial Group, o principal acionista do Banco Espirito Santo (BES), o maior banco português. As ações do banco caíram 4,65 por cento.

O PSI, que ganhou 24 por cento nos últimos 12 meses, tem ficado aquém de outros mercados europeus desde que surgiram os temores sobre o grupo Espírito Santo no mês passado e também após a divulgação de alguns dados econômicos decepcionantes.

Uma atualização de estimativas decepcionante pelo francês Sodexo, pouco depois de um alerta de lucro da Air France-KLM terça-feira, alimentaram preocupações sobre resultados fracos antes da temporada de balanços do segundo trimestre.

As ações da Sodexo caíram 1,8 por cento, após o grupo dizer que seu quarto trimestre poderia ser mais fraco do que o esperado devido ao adiamento de alguns dos principais contratos. A empresa reduziu sua meta de vendas para o ano.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,3 por cento, a 6.718 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,36 por cento, a 9.808 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 subiu 0,4 por cento, a 4.359 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib avançou de 0,89 por cento, a 20.885 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 0,54 por cento, a 10.746 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 2,13 por cento, a 6.371 pontos.

(Reportagem adicional de Andrew Winterbottom e Sudip Kar-Gupta)