Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Economia & Negócios

Economia » Preço do petróleo pode cair ainda mais, diz AIE

Economia & Negócios

Karen Bleier/AFP

Economia

Irã

Preço do petróleo pode cair ainda mais, diz AIE

Segundo a Agência Internacional de Energia, mercado tem dificuldade para absorver excesso de oferta da commodity

0

Dow Jones Newswires

19 Janeiro 2016 | 09h59

PARIS - Os preços do petróleo podem recuar mais neste ano, conforme o mercado enfrenta uma "enorme pressão" sobre sua capacidade de absorver nova oferta de produtores como o Irã, afirmou a Agência Internacional de Energia (AIE) nesta terça-feira.

"O mercado de petróleo enfrenta a perspectiva de um terceiro ano sucessivo no qual a oferta superará a demanda em 1 milhão de barris ao dia e haverá enorme pressão sobre a capacidade do sistema de petróleo para absorver isso de maneira eficiente", afirmou a AIE em seu primeiro relatório mensal do ano. A oferta global de petróleo pode superar a demanda em 1,5 milhão de barris por dia no primeiro semestre, apontou a entidade.

O documento é mais um revés para o mercado da commodity, que vê os preços em forte queda, por causa da grande oferta tanto de membros da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) como de fora do cartel.

A AIE afirmou que o Irã poderia produzir mais 300 mil barris ao dia até o fim do primeiro trimestre e que o retorno do petróleo iraniano ao mercado global irá inevitavelmente em grande medida compensar a queda de 600 mil barris ao dia esperada na oferta de produtores de fora da Opep.

Teerã afirma que pode imediatamente elevar a produção em 500 mil barris ao dia, após no fim de semana terem sido retiradas sanções internacionais contra o país. A agência disse que o Irã pode ser a única fonte de crescimento significativo da produção da Opep em 2016.

Os estoques globais, que aumentaram 1 bilhão de barris em 2014-2015, devem crescer mais 285 milhões de barris em 2016, o que colocará a infraestrutura para estoques sob pressão, apesar das significativas expansões na capacidade.

A AIE, que aconselha os países desenvolvidos em sua política energética, manteve a expectativa para que o crescimento na demanda global neste ano fique em 1,2 milhão de barris ao dia, abaixo do avanço de 1,8 milhão de barris ao dia em 2015. No quarto trimestre de 2015, a demanda global recuou 1 milhão de barris por dia, diz a entidade. A oferta global de petróleo aumentou 2,6 milhões de barris por dia em 2015, após avançar 2,4 milhões de barris por dia no ano anterior, disse a AIE.

A oferta da Opep recuou 90 mil barris por dia em dezembro, para 32,28 milhões de barris por dia, devido à produção menor do Iraque e da Arábia Saudita, diz o relatório. A produção iraniana, porém, aumentou em dezembro 40 mil barris por dia, para atingir seu nível mais alto desde junho de 2012. A AIE previu que a produção da Opep em 2016 fique em 31,7 milhões de barris por dia, 300 mil barris por dia a menos que a projeção anterior. 

Comentários