Aluguéis em São Paulo têm queda de 0,37%

Os aluguéis de São Paulo sofreram ligeira baixa em novembro, a exemplo de setembro e outubro, caindo 0,37% segundo o Índice Periódico de Valores Médios dos Aluguéis Residenciais (Ipevemar), levantado pela Associação das Administradoras de Bens Imóveis e Condomínios (AABIC). "Há possibilidades, entretanto, de haver alteração desses rumos, com a chegada do novo ano, a redução do racionamento de eletricidade e a formulação dos orçamentos pessoais para 2002, de proprietários que desejam estar preparados para as alterações anunciadas para o IPTU de São Paulo", afirma o presidente da AABIC, advogado José Roberto Graiche. A inflação medida pelo Índice Geral de Preços de Mercado (IGP-M), no mesmo período, foi de 1,10% e ligeiramente inferior ao mês de setembro (1,18%). No acumulado do ano, os valores locatícios registram uma alta de 4,20%, permanecendo abaixo do índice (10,13%), registrado entre janeiro e novembro. O número de ofertas de imóveis para alugar também registrou baixa. As mais expressivas foram em casas e apartamentos localizados em bairros de uso estritamente residencial e de alto padrão. "É inegável, entretanto, que o aumento da movimentação comercial do final de ano levará a um impulso na área de locação. O setor, entretanto, além da grande oferta de imóveis, continuará enfrentando o problema de comprovação de renda dos futuros inquilinos, cuja maioria, atua na economia informal", diz Graiche.

Agencia Estado,

05 Dezembro 2001 | 16h13

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.