1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Anac autoriza 1.973 novos voos para a Copa do Mundo de 2014

Laís Alegretti e Anne Warth, da Agência Estado

16 Janeiro 2014 | 18h 38

Agência informou ainda que vai monitorar o preço de todas as passagens aéreas vendidas para o evento

BRASÍLIA - A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) autorizou 1.973 pedidos de empresas aéreas para operar novos voos no período da Copa do Mundo de 2014, informou o diretor-presidente da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), Marcelo Guaranys. A agência reguladora recebeu 160 mil pedidos de slots das empresas aéreas para operar no período. O resultado, segundo a Anac, seria de cerca de 80 mil voos incluídos ou alterados.

O período considerado é de 6 de junho até 20 de julho. A Anac considerou os aeroportos das cidades-sede e os aeroportos que servem de apoio a eles (aqueles que ficam a 200km rodoviários dos estádios dos jogos).

Preços. O diretor-presidente da Anac, Marcelo Guaranys, afirmou que a agência reguladora vai acompanhar todos os preços de todas as passagens para a Copa do Mundo deste ano. Segundo ele, até agora apenas 4% das passagens para o período foram vendidas.

Ele explicou que, normalmente, a Anac acompanha os dados do mês imediatamente anterior. Em janeiro, recebe os dados de dezembro, por exemplo. Para a Copa, o acompanhamento é para o futuro. Guaranys afirmou que a agência acompanhará quinzenalmente os dados e que, se houver abusos, os órgãos de defesa do consumidor e o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) poderão agir.

Abertura e final. A Anac informou que serão ofertados 20.004 novos assentos em voos para Viracopos (Campinas) e Guarulhos (São Paulo) nos dias 11 a 13 de junho. O período busca adequar a demanda para o jogo de abertura da Copa, que ocorrerá na capital paulista.

Para Brasília, onde o Brasil joga contra a seleção de Camarões, serão ofertados 15.155 novos assentos entre 11 e 14 de junho. Para a final da Copa, no Rio de Janeiro, serão ofertados 25.000 novos assentos entre 12 e 14 de julho para os aeroportos do Galeão e Santos Dumont.

Buenos Aires. O trecho do Aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro, até Ezeiza, em Buenos Aires, terá 262 novos voos no período da Copa do Mundo de 2014. O trecho de Brasília até Guarulhos, em São Paulo, terá 288 novos voos. De Fortaleza até Guarulhos serão 205. Do Santos Dumont, no Rio de Janeiro, até Viracopos, em São Paulo, são 284 novos. Do Galeão até Aeroparque, também em Buenos Aires, são 242. Entre Natal e Guarulhos, serão 105 novos voos. De Recife até Guarulhos, 59.

Guaranys ponderou que esses números se referem às autorizações da agência e que ainda precisam ser avaliados pelas empresas. "Como são muitos pedidos e muitos voos, as empresas ainda precisam avaliar. Esses números ainda são sujeitos a alteração", afirmou Guaranys. Ele disse ainda que as empresas que concordarem com as autorizações da agência podem comercializar os voos a partir de amanhã.