Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Economia & Negócios

Economia » Aneel aprova reajuste de 12,82% para CPFL em cidades do interior de SP

Economia & Negócios

JF Diorio|Estadão

Aneel aprova reajuste de 12,82% para CPFL em cidades do interior de SP

Para consumidores de cinco municípios paulistas, as tarifas devem subir 6,33%, para conexões à alta tensão, e 17,05%, para a baixa tensão

0

Anne Warth,
O Estado de S. Paulo

22 Março 2016 | 10h30

BRASÍLIA - A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou há pouco um reajuste de 12,82% nas tarifas da CPFL Sul Paulista. Para consumidores conectados à alta tensão, as tarifas devem subir 6,33%, e para a baixa tensão, 17,05%. As novas tarifas vigoram a partir desta terça-feira (22).

De acordo com o diretor-geral da Aneel, Romeu Rufino, o aumento foi influenciado pelos efeitos financeiros de 2015, uma vez que a companhia arcou, ao longo do ano, com custos elevados no que diz respeito à compra de energia, e somente foi ressarcida agora. Um dos principais impactos foram as despesas com a energia de Itaipu, que é cotada em dólar, e tiveram impacto relevante, devido à desvalorização do real no ano passado.

A empresa também aumentou o volume de investimentos, o que eleva a base de remuneração da companhia e traz impactos à tarifa. Segundo Rufino, os efeitos financeiros foram responsáveis por 7,5 pontos porcentuais no reajuste, enquanto os investimentos tiveram impacto de 2,3 pontos porcentuais.

O reajuste diz respeito à quarta revisão tarifária da companhia, processo feito de quatro em quatro anos que tem como objetivo garantir o equilíbrio econômico-financeiro dos contratos de concessão.

A CPFL Sul Paulista atende 80 mil unidades consumidoras em Itapetininga e outros quatro municípios do interior de São Paulo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

0 Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.