Balança tem superávit de US$ 924 milhões na 3ª semana

O saldo da balança comercial na terceira semana de novembro registrou um superávit de US$ 924 milhões. As exportações no período somaram US$ 2,221 bilhões (média diária de US$ 555,3 milhões) e as importações foram de US$ 1,297 bilhão (média diária de 324,3 milhões). No mês, o superávit acumulado da balança é de US$ 2,752 bilhões e no ano, US$ 39,102 bilhões. Em relação a novembro passado, a média diária das exportações cresceu 40,5%. Os técnicos do Ministério do Desenvolvimento atribuem o desempenho das vendas externas ao incremento das exportações de todas as categorias de produtos. No mesmo período, as exportações de produtos básicos subiram 67%, puxadas pelas vendas de petróleo em bruto, soja em grão, uvas frescas, mármores e granitos, minério de ferro, algodão em bruto, carne suína e de frango, farelo de soja e fumo em folhas. Já o crescimento das importações foi menor, de 13% e refletiu o aumento dos gastos com as compras de produtos siderúrgicos (31,5%), veículos automotores e partes (26,1%), equipamentos mecânicos (22,1%), combustíveis e lubrificantes (20,4%), equipamentos elétricos/eletrônicos (19,8%) e instrumentos de ótica e precisão (13,7%). Em relação ao ano passado, as exportações em 2005 cresceram 22,4% e as importações 16,9%.

Agencia Estado,

21 Novembro 2005 | 10h29

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.