Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Economia & Negócios

Economia » BRF anuncia mudanças na gestão com saída de um dos diretores gerais do Brasil

Economia & Negócios

www.alvinmarkbuen.com | DIV

BRF anuncia mudanças na gestão com saída de um dos diretores gerais do Brasil

Rafael Ivanisk, um dos diretores gerais da BRF, deixa a empresa por decisão pessoal; Alexandre Almeida, ex-CEO da Itambé, será contratado

0

Renato Carvalho ,
O Estado de S.Paulo

29 Março 2017 | 08h46

SÃO PAULO - A BRF anunciou nesta terça-feira, 28, diversas mudanças em sua gestão. A principal delas é a contratação de Alexandre Almeida, ex-CEO da Itambé, para assumir o posto de diretor geral dos negócios brasileiros da companhia. Rafael Ivanisk, um dos diretores gerais Brasil da BRF, deixa a empresa por decisão pessoal, segundo comunicado divulgado ao mercado pela BRF.

Ivanisk respondia pelas áreas de vendas e marketing, e dividia o comando das operações brasileiras com Leonardo Byrro, que respondia pela área de Planejamento e Distribuição. Byrro continua na BRF como vice-presidente de Supply Chain, que era vinculada à vice-presidência de Operações. "Essa mudança tem o objetivo de acelerar o processo de planejamento, otimização e integração da cadeia de valor da empresa", diz a BRF no comunicado.

Além disso, a área de Qualidade Global da BRF passa a se reportar diretamente ao CEO Global, Pedro Faria. A estratégia global de Marketing e Inovação passa a ser comandada por Pedro Navio, ex-CEO da RedBull na América Latina, que recentemente chegou á BRF.

A BRF anunciou também a criação de duas frentes de atuação: a Gestão de Resposta e a Gestão do Negócio. A primeira tem um time multidisciplinar comandado pelo executivo Simon Cheng, e terá a função de assessorar o Comitê Especial de Resposta. "Dessa forma, Pedro Faria volta seu foco para a gestão dos negócios da BRF e suas funções como CEO. Essa estrutura é provisória, mas poderá permanecer ativa pelo tempo que a Companhia julgar necessário", informa a BRF.

O objetivo da Gestão de Negócio, segundo a companhia, é manter o foco na qualidade de sua operação e no dia a dia das atividades.

Encontrou algum erro? Entre em contato

0 Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.