1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Captação da poupança registra queda de 66% no semestre

Mariana Congo - O Estado de S. Paulo

07 Julho 2014 | 10h 55

Nos seis primeiros meses do ano, captação líquida foi de R$ 9,6 bilhões, contra os R$ 28,2 bilhões registrados no mesmo período do ano passado

Sob influência da inflação mais forte e da queda na confiança, o brasileiro está poupando menos. A captação da poupança nos seis primeiros meses de 2014 ficou 66% menor que o saldo registrado no primeiro semestre do ano passado.

De janeiro a junho deste ano, a captação líquida ficou em R$ 9,6 bilhões, contra R$ 28,2 bilhões no mesmo período de 2013, segundo relatório divulgado nesta segunda-feira, 7, pelo Banco Central.

O saldo do primeiro semestre deste ano é o menor desde o mesmo período de 2011, quando os saques superaram os depósitos e captação da caderneta ficou negativa em R$ 3 bilhões. Já o primeiro semestre de 2012 registrou captação positiva de R$ 15,4 bilhões.

Meses. Em junho, a poupança registrou, novamente, captação líquida positiva, depois de em abril registrar a primeira queda em mais de dois anos, quando os saques superaram os depósitos em R$ 1,2 bilhão.

Os depósitos de junho superaram os saques em R$ 3,2 bilhões. Apesar de positivo, o número é 65,8% menor que o saldo do mesmo mês do ano passado, quando ficou em R$ 9,4 bilhões.

Já na comparação com maio, a captação de junho ficou 41,9% maior. Em maio, a poupança contabilizou saldo positivo de R$ 2,2 bilhões.