1. Usuário
Assine o Estadão
assine


China mira acordos de infraestrutura e iuan em viagem de premiê à Grã-Bretanha

REUTERS

12 Junho 2014 | 08h 16

O premiê da China, Li Keqiang, irá discutir acordos de infraestrutura, transporte ferroviário de alta velocidade e nas áreas nuclear e financeira na próxima semana, durante uma viagem à Grã-Bretanha, bem como o papel de Londres como um centro de operação de iuan no exterior, afirmou nesta quinta-feira a vice-ministra do Comércio chinês, Gao Yan.

Li irá se encontrar com o primeiro-ministro britânico David Cameron na sua residência em Londres em 17 de junho, uma visita recíproca seguindo a viagem do líder britânico à China no ano passado. Li também visitará a Grécia durante a viagem de 16 a 21 de junho.

O ministro de Finanças da Grã-Bretanha, George Osborne, abriu a porta para mais investimentos chineses durante visita a Pequim em 2013.

Ele anunciou regras menos rigorosas para os bancos chineses que operam em Londres, em um esforço para tornar a capital britânica o principal centro no exterior para a negociação de moeda e de títulos da China

Osborne também abriu o caminho para os investidores chineses assumirem participações majoritárias em futuras usinas nucleares britânicas.

Falando a jornalistas antes da visita de Li, Gao Yan sinalizou que novos acordos serão assinados.

"Londres tem se dedicado o tempo todo para se tornar um centro de comércio do renminbi. Departamentos relevantes na China e Grã-Bretanha tiveram investigações pró-ativas para isso", disse ela, usando o nome formal para a moeda da China.

"Nesta visita à Grã-Bretanha do primeiro-ministro Li, acredito que haverá uma evolução positiva sobre esta questão, incluindo em matéria de cooperação financeira", acrescentou Gao. "Nós vamos usar totalmente a posição de Londres como um centro financeiro para desenvolver ainda mais a indústria de finanças da China."

(Reportagem de Ben Blanchard)