Mark Schiefelbein/AP
Mark Schiefelbein/AP

China substitui governador de banco central após 15 anos no cargo

A mudança foi aprovada na sessão plenária da Assembleia Nacional Popular nesta segunda-feira, 19.

EFE

19 Março 2018 | 00h44

PEQUIM - O governador do Banco Popular da China, o banco central do país, Zhou Xiaochuan, foi substituído nesta segunda-feira, 19, por seu "número 2", Yi Gang, depois que essa mudança foi aprovada na sessão plenária da Assembleia Nacional Popular (ANP), o principal órgão do Legislativo chinês.

Zhou, de 70 anos e responsável pela política monetária chinesa desde dezembro de 2002, era um dos mais veteranos no alto escalão da República Popular, e dirigiu o banco durante o mandato de três presidentes: Jiang Zemin, Hu Jintao e o atual, Xi Jinping.

+++ China quer criar sua própria moeda digital

Em seus 15 anos à frente do banco central, Zhou foi um dos responsáveis pela modernização e abertura da economia chinesa, assim como pela internacionalização de sua moeda, o iuan ou renminbi.

Yi, dez anos mais jovem que Zhou, ocupava desde 2008 o posto de vice-governador no Banco Popular da China e foi o diretor da Administração Estatal de Intercâmbio de Divisas entre 2009 e 2016.

Formado nas universidades americanas de Hamline e Illinois, Yi trabalhou em distintas funções dentro do banco central chinês há mais de 20 anos. /EFE

 

Mais conteúdo sobre:
Banco Popular da China China [Ásia]

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.