Fabian Bimmer|Reuters
Fabian Bimmer|Reuters

Com exportações, balança comercial tem melhor maio desde 1989

Superávit visto no mês foi de US$ 7,6 bi; exportações somaram US$ 19,7 bi contra US$ 12,1 bi em importações

Lorenna Rodrigues, O Estado de S.Paulo

01 Junho 2017 | 15h36

BRASÍLIA - A balança comercial brasileira registrou superávit de US$ 7,661 bilhões em maio. Segundo dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, o resultado representa o maior superávit mensal registrado na série histórica, que teve início em 1989. No acumulado do ano, o superávit alcançou US$ 29,032 bilhões, também o maior para os cinco primeiros meses do ano da série histórica.

O resultado de maio superou a mediana das estimativas coletadas pelo Projeções Broadcast, calculada em US$ 7,500 bilhões. O intervalo das previsões de 27 instituições consultadas ia de US$ 6,080 bilhões a US$ 8,500 bilhões.

Brasil recebeu US$ 3,4 bilhões após estouro da crise política

Em maio, as exportações somaram US$ 19,792 bilhões, enquanto as importações totalizaram US$ 12,131 bilhões. Na quarta semana de maio (de 22 a 28), a balança registrou superávit de US$ 1,942 bilhão e, na quinta (de 29 a 31), de US$ 873 milhões.

Mais conteúdo sobre:
BRASÍLIA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.