1. Usuário
E&N
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Comércio eletrônico faz Black Friday fora de época

- Atualizado: 16 Março 2016 | 10h 31

Plataformas online oferecem descontos de até 70% em itens como eletrônicos, eletrodomésticos, artigos de informática e decoração

Na tentativa de impulsionar as vendas neste início de ano, o comércio eletrônico faz uma espécie de Black Friday fora de época. O mote da campanha é o dia do consumidor, comemorado na terça-feira.

A campanha é liderada pelo Buscapé e Mercado Livre, duas plataformas de comércio eletrônico.  Os descontos anunciados envolvem eletrônicos, eletrodomésticos, artigos de informática e decoração.

No Buscapé, as promoções tiveram início desde a primeira hora desta quarta-feira. A liquidação envolve 650 lojas, entre as quais estão grandes varejistas do comércio virtual, como B2W e CNova. No Mercado Livre, a promoção começou na segunda-feira e vai até 23 de março. São cerca de 350 lojas participantes e a promessa é de descontos de até 70% em alguns itens.

Mote da promoção é o dia do consumidor 

Mote da promoção é o dia do consumidor 

O objetivo da ação é tentar impulsionar o comércio. Com a forte recessão enfrentada pela economia brasileira, o setor está em baixa. Em janeiro, as vendas do varejo caíram 10,3% na comparação com o mesmo mês do ano anterior. Foi o pior resultado para o mês desde o início da série da Pesquisa Mensal de Comércio, em 2001.

Em novembro, mês da tradicional Black Friday, o comércio conseguiu esboçar uma reação por causa da campanha. Na época, as vendas no varejo surpreenderam os analistas e tiveram alta de 1,5% na comparação com outubro.

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em EconomiaX