1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Crise e IPI menor ajudaram a conter inflação, diz IBGE

Jacqueline Farid, da Agência Estado

13 Janeiro 2010 | 11h 09

Redução da demanda internacional por alimentos evitou maiores reajustes nesses produtos no mercado interno

A crise econômica "ajudou muito a conter a inflação em 2009", segundo avalia a coordenadora de índices de preços do IBGE, Eulina Nunes dos Santos. Segundo divulgou o IBGE nesta quarta-feira, 13, o IPCA em 2009 ficou em 4,31%, variação bem inferior à apurada em 2008 (5,90%). Ela explica que, com a crise, houve redução da demanda internacional por alimentos, o que evitou maiores reajustes nesses produtos no mercado interno e, além disso, houve influência também do dólar mais baixo sobre os preços de vários produtos.

 

A coordenadora destacou a importante contribuição para conter a inflação dada pelo arroz e o feijão, principais alimentos na mesa dos brasileiros. No acumulado de 2009, o feijão preto registrou queda de 44,29% nos preços, enquanto o feijão carioca teve deflação de 35,85%. O arroz registrou variação negativa de 13,14%. Segundo Eulina, esses produtos foram influenciados pela safra elevada, que aumentou a oferta desses itens no mercado doméstico, evitando reajustes.

 

O grupo de alimentos e bebidas registrou variação de 0,24% no IPCA de dezembro, ante 0,58% em novembro, sendo o principal fator responsável pela desaceleração do índice na passagem de novembro (0,41%) para dezembro (0,37%), informou o instituto. O grupo dos não alimentícios registrou aumento de 0,41% no mês passado, ante alta de 0,36% no mês anterior. 

 

VEJA TAMBÉM:
Inflação oficial fecha 2009 com a 2ª menor taxa em 10 anos
Passagens aéreas puxam IPCA de dezembro a 0,37%
Índice da construção civil fecha 2009 com alta de 5,85%
INPC sobe 0,24% em dezembro e fecha 2009 com alta de 4,11%
Radar da inflação: veja o rumo dos principais índices

As medidas governamentais para reduzir os efeitos da crise, como a redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para vários produtos, também ajudaram a conter a inflação no ano, citou Eulina. Entre as principais quedas de preços em 2009, figuram itens diretamente influenciados pela redução do IPI, como automóvel usado (-11,90%), eletrodomésticos (-4,85%) e automóvel novo (-3,62%).