Reuters
Reuters

Demanda por voos domésticos cresceu 7,92% em outubro, diz Abear

Expansão em outubro marca a oitava alta consecutiva na demanda interna; já no mercado internacional,  a busca por voos internacionais entre as aéreas brasileiras teve alta de 6,22% em outubro

Fátima Laranjeira, O Estado de S.Paulo

22 Novembro 2017 | 14h40

A demanda por voos domésticos cresceu 7,92% em outubro deste ano na comparação com o mesmo mês de 2016, segundo levantamento divulgado nesta quarta-feira, 22, pela Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear), que reúne os dados de suas associadas Avianca, Azul, Latam e Gol. Foi o oitavo mês consecutivo de expansão.

A  oferta doméstica consolidada teve expansão de 2,66% na base anual de comparação.

A taxa de ocupação, proporção de assentos ocupados do total ofertado, foi de 83,40% no mês, alta de 4,06 pontos percentuais sobre outubro do ano passado e recorde para qualquer outubro na aviação doméstica, diz a Abear.

Foram realizadas 7,8 milhões de viagens no mês, um crescimento de 8,06%, equivalente a aproximadamente 580 mil passageiros a mais em outubro.

++Fundador da Azul adquire fatia de companhia aérea francesa

"Depois de ter visto em setembro o maior volume absoluto de demanda para aquele mês na série histórica, o setor registrou agora em outubro o segundo melhor resultado para o mês no acompanhamento: 7,7 bilhões de RPKs (passageiros-quilômetros transportados) produzidos, número inferior apenas ao apurado em outubro de 2014", afirma a entidade, em nota.

A Gol liderou a participação no mercado doméstico em outubro, com 36,10%, seguida pela Latam, com 33,46%, Azul, com 16,82% e Avianca, 13,62%. No acumulado do ano, a Gol detém 36,12%, a Latam, 32,82%, a Azul, 18,06% e a Avianca, 13,00%.

Nos primeiros 10 meses do ano, a demanda acumula alta de 3,03%, e a oferta tem expansão de 1,31%. A taxa de ocupação foi de 81,29%, com melhoria de 1,35 ponto porcentual na comparação com igual período de 2016. Já foram transportados 74,2 milhões de passageiros em 2017, crescimento de 2,31% na comparação anual.

++IG4 e Schiphol negociam mudança de controle e capitalização em Viracopos

Internacional. No mercado internacional,  a demanda por voos internacionais entre as aéreas brasileiras teve alta de 6,22% em outubro em relação ao mesmo mês do ano passado, acumulando 13 meses consecutivos de crescimento. A oferta teve expansão de 8,19%.

"O alargamento da oferta em ritmo maior do que o da demanda levou a uma deterioração de 1,59 ponto porcentual no mês, que permaneceu, todavia, em nível elevado: 85,51%", destaca a Abear sobre a taxa de ocupação. Foram transportados 707 mil passageiros internacionais no mês, crescimento de 8,39%. As estatísticas das associadas Abear abrangem atualmente cerca de 30% do mercado.

++Opinião: A Anac e os abusos no setor aéreo

A Latam liderou a participação do mercado internacional em outubro , com 71,09%, seguida pela Azul, com 12,28%, Gol, com 10,25% e Avianca, 6,37%.

De janeiro a outubro, a demanda por voos internacionais acumula crescimento de 12,84% e a oferta tem alta de 10,61%. O taxa de ocupação do período é de 85,27%, com expansão de 1,69 p.p.. Ao todo são 6,9 milhões de viagens internacionais realizadas no ano, número 11,59% superior ao apurado em 2016.

A aviação doméstica movimentou 31,4 mil toneladas de cargas em outubro, alta de 13,32% na comparação anual. No mercado internacional, as 21,8 mil toneladas movimentadas no mês representam expansão de 22,93%. No acumulado do ano, a atividade cargueira aérea doméstica avança 8,47% e o mercado internacional cresce 25,46%.

Mais conteúdo sobre:
Aviação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.