Diálogo dobra número de unidades e vendas têm crescimento de 50%

Lançamentos sobem para 1.025 apartamentos e os negócios fechados no ano passado somam R$ 630 milhões

Débora Ribeiro, Especial para O Estado

13 Junho 2017 | 22h30

A Diálogo Engenharia fez dez lançamentos no ano passado, na capital paulista e região metropolitana, contra seis empreendimentos em 2015.

A construtora quase dobrou o número de apartamentos, passando de 570 unidades para 1.025, de acordo com os registros da Empresa Brasileira de Estudos de Patrimônio (Embraesp). Na mesma proporção, a área total a ser construída aumentou de 88 mil metros quadrados para 166 mil no mesmo período. No caso do valor global dos lançamentos, a expansão foi de R$ 357 milhões para R$ 670 milhões.

As vendas também subiram. “Vendemos R$ 630 milhões em 2016 contra R$ 420 milhões em 2015, um crescimento de 50%”, comenta Fabio Verçosa, diretor da Diálogo. Ele explica que o público alvo são famílias de médio e alto padrão à procura de produtos eficientes.

A empresa foi premiada em duas categorias, entre as 10 principais incorporadoras e construtoras que atuam no mercado de São Paulo. “É um grande orgulho”, declara Verçosa, comemorando o aniversário da sua empresa. “Este ano completamos 30 anos de atividade, e essa premiação demonstra que, com o nosso jeito conservador, estamos no caminho certo do crescimento.”

Um dos pontos que o diretor faz questão de ressaltar é a escolha dos terrenos. “Procuramos os melhores. Criamos plantas modernas e espaçosas , com custos competitivos” declara Verçosa, destacando o compromisso com o prazo e a qualidade na entrega, além de um volume constante de lançamentos.

No portfólio de imóveis lançados no ano passado, Verçosa cita o residencial Edição Pinheiros. “Com diferenciais que agregam para os compradores, mesmo em um bairro cheio de ofertas como Pinheiros, tivemos destaque”, avalia.

Segundo o diretor, outros três projetos da construtora apresentaram sucesso comercial. Dois são na zona leste: The Address Vila Carrão e Boulevard dos Cristais, em frente ao shopping Boulevard Tatuapé e metrô Tatuapé, ambos com 80% vendidos, afirma Verçosa. E o Varandas Santo André, “foi 100% comercializado”, diz.

A perspectiva do mercado de São Paulo para o segundo semestre e para 2018 é “muito saudável, na medida que a oferta está caindo”, avalia o diretor, com uma expectativa de que os bancos abaixam as taxas de financiamentos e de que haja “previsibilidade na política econômica”.

A Diálogo lançou quatro projetos neste ano. “E vamos lançar seis empreendimentos no segundo semestre”, afirma Verçosa. Assim, a Diálogo repete o total de dez lançamentos feitos em 2016. O desafio, segundo ele, é diminuir o volume de estoque e distrato, além de desenvolver produtos diferenciados e manter o controle dos custos.

Mais conteúdo sobre:
Construtora

Encontrou algum erro? Entre em contato

0 Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.