Fabio Motta/Estadão
Fabio Motta/Estadão

Dívida pública sobe 1,6% em novembro, para R$ 3,49 trilhões

Em outubro, o estoque estava em R$ 3,438 trilhões; DPF inclui a dívida interna e externa

Eduardo Rodrigues e Idiana Tomazelli, O Estado de S.Paulo

20 Dezembro 2017 | 11h10

BRASÍLIA - O estoque da dívida pública federal (DPF) subiu 1,6% em novembro e chegou a R$ 3,493 trilhões. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira pelo Tesouro Nacional. Em outubro, o estoque estava em R$ 3,438 trilhões.

A correção de juros no estoque da DPF foi de R$ 25,7 bilhões em novembro. Já as emissões de papéis totalizaram R$ 48,6 bilhões, enquanto os resgates chegaram a R$ 19,12 bilhões, o que resultou numa emissão líquida de R$ 29,48 bilhões.

A DPF inclui a dívida interna e externa. A Dívida Pública Mobiliária Federal interna (DPMFi) subiu 1,83% e fechou o mês passado em R$ 3,371 trilhões.

Já a Dívida Pública Federal externa (DPFe) ficou 4,46% menor, somando R$ 121,4 bilhões no penúltimo mês do ano.

A parcela da Dívida Pública Federal (DPF) a vencer em 12 meses subiu de 16,99% em outubro para 17,00% em novembro, segundo o Tesouro Nacional. Já o prazo médio da dívida caiu de 4,37 anos em outubro para 4,31 anos no mês passado. O custo médio acumulado em 12 meses da DPF passou de 10,59% ao ano em outubro para 10,24% ao ano em novembro.

Mais conteúdo sobre:
Dívida Pública

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.