1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Dólar estaciona em R$2,21 em dia de jogo do Brasil

REUTERS

04 Julho 2014 | 13h 09

O dólar fechou com leve alta nesta sexta-feira, estacionado na casa dos 2,21 reais, num pregão esvaziado devido ao jogo do Brasil contra a Colômbia pela Copa do Mundo e ao feriado que deixava os mercados dos Estados Unidos fechados.

A moeda norte-americana avançou 0,18 por cento, a 2,2155 reais na venda, após fechar em queda de 0,57 por cento na véspera. Segundo dados da BM&F, o giro financeiro ficou em apenas 200 milhões de dólares.

"É um dia que dá pra riscar do calendário", afirmou o operador da corretora Intercam Glauber Romano.

O câmbio fechará antecipadamente, às 13h, em função da partida do Brasil, que ocorrerá em Fortaleza, às 17h, válido pelas quartas de finais da Copa.

Somado a isso, o feriado do dia da independência dos EUA deixava vazios os mercados externos, onde o dólar enfrentava dificuldade para avançar. Na véspera, números positivos sobre o mercado de trabalho norte-americano alimentarem o otimismo com a recuperação da maior economia do mundo, o que deu fôlego ao apetite por risco.

O clima de marasmo desta sessão fez o dólar praticamente não oscilar. Segundo dados da Reuters, a cotação --que em dias normais varia de forma nervosa, diversas vezes por minuto-- chegou a permanecer estável em intervalos de cerca de quinze minutos.

"O mercado está pensando mais no futebol do que no próprio dólar", disse o operador de câmbio da corretora B&T Marcos Trabbold.

No Brasil, o Banco Central não fez os leilões de swap cambial --equivalentes a venda futura de dólares--, ao contrário do que ocorreu no último jogo da seleção em dia útil ainda durante a primeira fase do Mundial de futebol.

Na véspera, a autoridade monetária anunciou apenas para segunda-feira os próximos passos das atuações diárias e da rolagem dos contratos que vencem em 1º de agosto.

(Por Bruno Federowski)