Pixabay
Pixabay

Gastos de brasileiros no exterior crescem 87,9% em janeiro

O valor chegou a R$ 1,578 bilhão; as contas externas do País tiveram um rombo de R$ 5,085 bilhões

Fabrício de Castro e Fernando Nakagawa, O Estado de S.Paulo

17 Fevereiro 2017 | 11h27

BRASÍLIA - Os gastos de brasileiros no exterior ficaram em US$ 1,578 bilhão em janeiro deste ano, informou nesta quinta-feira, 17, o Banco Central. O resultado é 87,95% superior ao registrado no mesmo período do ano passado, quando os brasileiros gastaram US$ 840 milhões.

Já as receitas de estrangeiros em viagem no Brasil não variaram tanto do ano passado pra cá. Em janeiro de 2017, as receitas ficaram em US$ 664 milhões, contra US$ 650 milhões registrados em janeiro de 2016.

Com esses resultados das despesas de brasileiros no exterior e as receitas de estrangeiros no Brasil, a conta de viagens internacionais ficou negativa em US$ 914 milhões, no mês passado.

Contas externas. O resultado das transações correntes ficou negativo em US$ 5,085 bilhões em janeiro deste ano, após o déficit de US$ 5,881 bilhões em dezembro. O dado é o maior para o mês desde janeiro de 2015, quando somou US$ 12,165 bilhões negativos. O BC projetava para janeiro déficit em conta de US$ 6,0 bilhões.

A balança comercial registrou um saldo positivo de US$ 2,504 bilhões em janeiro, enquanto a conta de serviços ficou negativa em US$ 2,419 bilhões. A conta de renda primária também ficou deficitária em US$ 5,344 bilhões. No caso da conta financeira, o resultado ficou no vermelho em US$ 4,657 bilhões.

Nos últimos 12 meses até janeiro deste ano, o saldo das transações correntes está negativo em US$ 23,801 bilhões, o que representa 1,30% do Produto Interno Bruto (PIB). O porcentual é equivalente ao de dezembro de 2016. 

Remessa de lucros e dividendos. A remessa de lucros e dividendos de companhias instaladas no Brasil para suas matrizes foi de US$ 870 milhões em janeiro. A saída líquida representa um volume maior do que os US$ 314 bilhões que foram enviados em igual mês do ano passado, já descontados os ingressos. A expectativa do BC é que a remessa de lucros e dividendos deste ano some US$ 23,5 bilhões.

O BC informou também que as despesas com juros externos somaram US$ 4,500 bilhões em janeiro ante US$ 4,028 bilhões em igual mês do ano passado. Para 2017, o BC projeta pagamento de juros externo no valor de US$ 20,9 bilhões.

Mais conteúdo sobre:
BRASÍLIA Banco Central Pib Brasil

Encontrou algum erro? Entre em contato

0 Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.