1. Usuário
E&N
Assine o Estadão
assine

ENTENDA: O que é a Selic?

Estadão.com.br

20 Julho 2011 | 19h 44

O que é Selic?

A Selic é uma taxa referencial de juro. Ela é definida pelo Banco Central em reuniões periódicas. Sempre que o governo precisa de dinheiro, ele paga a taxa Selic para captar recursos.

O consumidor também paga taxa Selic nos empréstimos?

Não. Para o consumidor, vale o juro cobrado pelos bancos. A enorme diferença entre a Selic e as taxas bancárias é explicada pelas instituições financeiras pelo risco de calote dos clientes e cobrança de tributos. Além disso, os bancos incluem o lucro que esperam conseguir. O resultado é que, para o consumidor, os juros anuais chegam a 120% no cheque especial . Ou seja, cerca de dez vezes maior do que a taxa Selic.

Quem participa da reunião que define a Selic e qual a periodicidade?

O Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom) é o responsável por definir a Selic. O colegiado é formado pelos oito membros da diretoria e o presidente do BC. O calendário das reuniões é divulgado sempre ao final de cada ano. Nos últimos anos, tem havido oito encontros, a cada 40 dias. As reuniões começam na terça-feira, quando são apresentados dados sobre a economia, e se prolongam até quarta-feira, dia em que o Copom anuncia a decisão.

O que é a ata do Copom?

Na quinta-feira da semana posterior à reunião o Banco Central divulga um documento em que apresenta os argumentos para a decisão sobre a taxa Selic.

Por que o governo usa as taxas de juros como ferramenta para controlar a inflação?

O Banco Central trabalha com uma meta para a inflação. Sempre que esse limite corre o risco de ser ultrapassado, o BC eleva o juro para tentar inibir o consumo e, com isso, diminuir a pressão de alta sobre os preços.

Algum investimento rende a Selic?

Os títulos públicos em geral têm rendimentos próximos à Selic. Nos fundos, o retorno é menor pois há a cobrança da taxa de administração. No Tesouro Direto, em que é possível comprar títulos diretamente do governo, há papéis pós-fixados (LFTs) que acompanham a variação da Selic.

  • Tags: