Estimativa para déficit da Previdência cai R$6 bilhões

O recadastramento dos aposentados é um dos responsáveis pela queda de R$6 bilhões nas estimativas do déficit da Previdência deste ano. Segundo informou o secretário-executivo do Ministério do Planejamento, João Bernardo, o rombo, previsto em R$ 50 bilhões no final do ano passado, deve fechar 2006 entre R$43 bilhões e R$ 44 bilhões, segundo a última estimativa. Bernardo explicou que apenas o recadastramento dos primeiros 100 mil aposentados e pensionistas trará uma economia anual de R$ 1,2 bilhão. O ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse que a tendência é que haja uma estabilidade dos gastos com a Previdência. "Isto caminha para um controle."

Agencia Estado,

18 Abril 2006 | 14h42

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.