Assine o Estadão
assine

Economia

Volkswagen

EUA pedem US$ 48 bi à Volkswagen por escândalo de emissões

País processa montadora alemã por manipulação de veículos em testes

0

Reuters

05 Janeiro 2016 | 18h40

O Departamento de Justiça dos Estados Unidos processou a Volkswagen e pediu até US$ 48 bilhões, alegando a violação de legislação ambiental, um valor cinco vezes a estimativa inicial de reguladores e um lembrete dos problemas da montadora quase quatro meses após o estouro de seu escândalo de emissão de poluentes.

Embora tais processos norte-americanos sejam tipicamente encerrados por uma fração da penalidade máxima teórica, analistas afirmam que o valor da ação significa que a Volkswagen pode enfrentar uma conta maior do que o previsto anteriormente.

"O anúncio serve como um lembrete das questões ainda não resolvidas da Volkswagen ligadas às emissões", escreveram analistas do Goldman Sachs em nota, mantendo sua recomendação de "venda" para o papel.

As ações da Volkswagen chegaram a cair 6% para uma mínima em seis semanas nesta terça-feira, 5.

O processo civil, anunciado na segunda-feira, reflete o crescente número de acusações contra a empresa desde que a montadora alemã admitiu em setembro ter instalado equipamentos para fraudar testes de emissões em diversos modelos de veículos a diesel. (Por Julia Edwards e Georgina Prodhan)

Mais conteúdo sobre:

Comentários