1. Usuário
E&N
Assine o Estadão
assine

Fed está 'atolado' em debate sobre aspectos do mercado de trabalho, diz Plosser

JONATHAN S - REUTERS

22 Agosto 2014 | 15h 48

O Federal Reserve, banco central dos Estados Unidos, está "atolado" em debates sobre aspectos do mercado de trabalho norte-americano que têm pouca chance de melhorar, e deveria em vez disso preparar o público para uma alta da taxa de juros, afirmou nesta sexta-feira o presidente do Fed da Filadélfia, Charles Plosser.

Plosser afirmou em entrevista que é melhor apertar a política monetária cedo demais do que tarde demais. Para entrar numa trajetória de aperto, disse ele, o Fed tem que primeiro admitir que não pode consertar certos aspectos do mercado de trabalho, que, em outros ângulos, parece ter melhorado.

O emprego de meio período, por exemplo, é um desses aspectos.

"Nós nos prendemos a um problema muito difícil porque focamos demais no emprego", disse Plosser, que foi dissidente no último comunicado de política do Fed.

"Como declaramos sucesso quando não sabemos o que estamos medindo, não sabemos como medir e, mesmo que pudéssemos medir, não temos certeza de qual efeito temos em algumas dessas coisas?"

Ele falou às margens da conferência anual de bancos centrais em Jackson Hole, nos EUA, onde mais cedo a chair do Fed, Janet Yellen, argumentou que ainda há espaço para o mercado de trabalho melhorar.