Funcionários do Banco Central entram em greve na segunda

O Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central (Sinal) anunciou hoje que os funcionários da instituição entrarão em greve por tempo indeterminado, a partir da próxima segunda-feira. Segundo comunicado do Sinal, a paralisação decorre do adiamento de reuniões por parte do governo federal, nas quais seria discutido o reajuste salarial da categoria. A greve será acompanhada de protestos em Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, Recife, Fortaleza, Salvador e Belém. O Sinal informou que espera adesão maciça dos funcionários do BC, inclusive dos ocupantes de cargos de chefia.

Agencia Estado,

16 Setembro 2005 | 19h17

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.