Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Economia & Negócios

Economia » Fundador da Neogama assume a inglesa BBH

Economia & Negócios

Economia

Neogama

Fundador da Neogama assume a inglesa BBH

Após compra das duas empresas pelo Publicis, brasileiro será comandante global de criação 

0

Fernando Scheller, de O Estado de S. Paulo ,

04 Julho 2012 | 23h02

A decisão do francês Publicis Groupe de comprar a totalidade das ações da inglesa BBH e também 100% da brasileira Neogama BBH, que será anunciada hoje, vai elevar o publicitário Alexandre Gama à posição de diretor mundial de criação da BBH.

O carioca de 53 anos comandará a empresa - que tem escritórios em Londres, Nova York, Mumbai, Cingapura e Xangai - de São Paulo. Ele substitui no cargo um dos fundadores, John Hegarty (o "H" da BBH), que vai para o Conselho de Administração.

A venda da totalidade da BBH para o Publicis Groupe - que faturou 5,8 bilhões no ano passado - foi, na verdade, motivada pela necessidade de sucessão na rede inglesa, fundada há 30 anos. "Fui procurado há um ano e meio pelo John Hegarty, que estava pensando na perpetuação da BBH", lembra Gama. "Falando com os sócios, ele chegou à conclusão de que eu tinha perfil para dar continuidade à agência. Procurava alguém que tivesse capacidade criativa e perfil de empresário."

Após o brasileiro aceitar a empreitada, começou uma complicada engenharia para que os franceses ficassem com a totalidade tanto da BBH quanto da Neogama. "Escolhi essa opção porque era uma forma de seguir adiante, mesmo deixando de ser dono para ser executivo", lembra o publicitário. Entre os grupos que demonstraram interesse pela Neogama BBH nos últimos anos figuraram também o japonês Dentsu e o britânico WPP.

A promoção de Alexandre Gama ao cargo de chefe global de criação da BBH não causará mudanças no comando da empresa brasileira: todos os principais executivos continuarão nos cargos que já exerciam.

A agência, com 270 funcionários, disputa com Londres o título de escritório mais rentável para a rede. Isso, segundo o publicitário, ajudou os ingleses a concordarem com a condição de que ele assumiria a BBH desde que pudesse permanecer em São Paulo.

Para Luiz Lara, presidente da Associação Brasileira das Agências de Publicidade (Abap), a escolha de Gama para substituir um ícone da propaganda como John Hegarty mostra uma "globalização" das lideranças no setor, motivada pela importância dos países emergentes na economia mundial.

Ele lembra que hoje o Brasil é o 4.º maior mercado para veículos e o 2.º mais importante em produtos de beleza. "Tenho certeza de que essa tendência vai se intensificar com a atuação do Alexandre na BBH."

Início. Instalada em um galpão numa área industrial da zona oeste de São Paulo, a Neogama surgiu em 1999 de um investimento de R$ 3 milhões do Leo Group, logo após Gama deixar a presidência da Young & Rubicam. Entre os clientes que ajudaram a fundar a empresa figuraram Gradiente, Bradesco Previdência, a companhia de material esportivo Umbro e a operação de eletrodomésticos do Pão de Açúcar. A BBH entrou na sociedade a partir de 2002.

Atualmente, a Neogama BBH está em oitavo lugar entre as maiores agências do País, segundo o ranking Agências & Anunciantes, elaborado pelo Ibope Monitor e divulgado pelo Meio & Mensagem, com investimento em mídia de R$ 667 milhões no ano passado (apesar de ter crescido em 2011, a empresa perdeu duas posições em relação a 2010). Entre as contas atuais da companhia estão Renault, TIM, Bradesco e o sabão em pó Omo, um dos principais produtos da Unilever, a segunda maior anunciante do Brasil.

De acordo com Gama, a BBH será administrada de maneira separada do Publicis Groupe - até para evitar conflito com outras agências que receberam investimento da holding francesa. No Brasil, a multinacional tem fatia em empresas como Leo Burnett Tailor Made, F/Nazca Saatchi & Saatchi, Talent, além da Publicis, agência que leva o nome da holding, mas também é independente. 

Mais conteúdo sobre:

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.