Brasil2016.gov.br/ Miriam Jeske
Brasil2016.gov.br/ Miriam Jeske

Governo deve anunciar 58 privatizações ainda nesta quarta-feira, diz jornal

Estão no pacote terminais portuários, rodovias, aeroportos e blocos de linhas de transmissão de energia; Investimento previsto é de R$ 44 bilhões

O Estado de S.Paulo

23 Agosto 2017 | 12h50

O governo deve anunciar nesta quarta-feira, 24, um pacote de 58 projetos que serão incluídos no Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), para serem vendidos ou concedidos à iniciativa privada. A iniciativa deve trazer um investimento de ao menos R$ 44 bilhões -- metade desse valor já nos primeiros cinco anos. As informações são do jornal O Globo.

Além da desestatização da Eletrobrás, fazem parte da carteira terminais portuários, rodovias, aeroportos e a licitação de 11 blocos de linhas de transmissão de energia, em nove Estados. O governo também prevê a extinção de empresas públicas, como a Casa da Moeda, as Companhias Docas do Espírito Santo e do Maranhão, Casemg (de armazéns e cilos de Minas Gerais) e CeasaMinas e o início de estudos para a concessão do Parque Olímpico do Rio. 

Os detalhes serão divulgados depois da reunião do conselho do PPI, nesta quarta-feira. O governo também decidiu relicitar a rodovia BR-153 (Goiás-Tocantis). Além disso, serão licitados 15 terminais nos portos de Belém, Vila do Conde (PA), Paranaguá e Vitória.

Mais conteúdo sobre:
Privatização Eletrobras

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.