Greve continua até Super Receita ser votada no Senado

Os técnicos da Receita Federal do Estado de São Paulo vão manter a greve por mais uma semana, mesmo conseguindo, em parte, o que queriam: a alteração das atribuições na MP 258, que cria a Super Receita, já aprovada na Câmara dos Deputados. A decisão foi tomada nesta quinta-feira, depois de assembléia na capital paulista. A votação foi unânime pelos 153 profissionais que participaram do evento. A direção do sindicato da categoria local acredita que o mesmo ocorrerá em todo o País. O resultado só deve sair amanhã. De acordo com o presidente do Sindicato dos Técnicos da Receita (Sindireceita) no Estado de São Paulo, Carlos Paz, a paralisação, que passa dos 100 dias corridos com algumas interrupções, continua até o dia 18, prazo máximo para a MP ser votada no Senado, caso contrário será extinta.

Agencia Estado,

10 Novembro 2005 | 16h29

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.