1. Usuário
E&N
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

HSI, na Europa, pede que UE bloqueie importação de carne de cavalo do Brasil

- Atualizado: 03 Março 2016 | 16h 36

Entidade ligada a bem-estar animal diz que há 'grandes deficiências' na produção brasileira da proteína

Sushi de carne de cavalo e de filé mignon

Sushi de carne de cavalo e de filé mignon

A Humane Society International (HSI), na Europa, está cobrando que a União Europeia bloqueie as importações brasileiras de carne de cavalo. A comissão, que trabalha em prol do bem-estar animal, alega que o Serviço Alimentar e Veterinário da UE, em sua mais recente auditoria no Brasil, encontrou "grandes deficiências" na produção de carne de cavalo destinada à exportação para o bloco econômico.

Segundo a HSI, o comitê da UE observou que o plano brasileiro de controle de resíduos 2014 e 2015 para cavalos não atende às normas de segurança alimentar da UE. "À luz desta informação mais recente, a HSI Europa está instando a Comissão Europeia a suspender as importações de cavalo brasileiros", diz nota publicada pela HSI.

Na nota, o diretor executivo europeu da HSI, Joanna Swabe, afirma que: "É tempo de a Comissão Europeia suspender a importação de carne de cavalo brasileira, que coloca em risco a saúde dos consumidores da UE e que causa sofrimento aos cavalos abatidos no Brasil." O texto acrescenta ainda preocupações sobre a forma como os animais são transportados no Brasil que compromete o bem-estar dos animais.

Segundo dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e do Comércio Exterior (MDIC), o Brasil exportou, em 2015, 2,775 mil toneladas de carne de cavalo, com faturamento de US$ 7,53 milhões. Só para a União Europeia, foram 2,257 mil toneladas, com faturamento de US$ 6,05 milhões.

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em EconomiaX