1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Hyundai produz equipamentos solares em fábrica movida a energia solar

Economia & Negócios

02 Maio 2013 | 10h 40

Empresa divulgou fotomontagem do telhado da indústria de equipamentos solares em Seul

SEUL - A Hyundai divulgou foto aérea da sua fábrica nos arredores de Seul, Capital da Coreia do Sul, mostrando como ficará a cobertura com a instalação de painéis de captação de energia solar.

A fábrica é a segunda unidade da Hyundai voltada para a produção de equipamentos de energia solar, mercado que vem crescendo mais de 30% ano nos últimos anos.

A fotomontagem mostra praticamente todo o telhado da indústria coberto por painéis capazes de produzir 10 megawatts/hora de energia.

A Hyundai Heavy, empresa do conglomerado Hyundai, maior fabricante mundial de navios, já atua no mercado de células solares, onde fatura mais de US$ 100 milhões por ano.

Segundo a companhia, o mercado de energia solar vem sendo impulsionado no mundo inteiro, principalmente pela preocupação da grande maioria dos países de buscar fontes energéticas limpas.

A companhia inaugurou recentemente a sua primeira fábrica de células solares na Coreia do Sul, na cidade de Umsung.

O alto preço do petróleo nos últimos anos vem incentivando empresas como a Hyundai Heavy e a japonesa Mitsubishi Heavy a ampliarem a atuação no mercado de equipamentos para a produção de energia limpa.

No início deste ano, o governo da China anunciou que pretende mais do que duplicar a capacidade instalada de geração de energia solar neste ano.  

A China vai elevar a capacidade instalada de geração de energia solar em 10 gigawatts neste ano. A capacidade chinesa de gerar energia solar era de 3 gigawatts em 2011 e chegou a 7 gigawatts no ano passado.

No Brasil, o preço de equipamentos para geração de energia solar em residências vem caindo, mas um sistema completo ainda custa, em média, R$ 25 mil.

No ano passado, o governo de São Paulo inaugurou a primeira usina de geração de energia solar do Estado e a maior do Brasil, em Campinas. A capacidade de produção é de 1,1 megawatt (MW), suficiente para abastecer 657 clientes por mês com um consumo médio de 200 quilowatts/hora (KWh).Com agências