Empresa aérea vai parar de voar e pede a funcionários para procurar emprego

Empresa aérea vai parar de voar e pede a funcionários para procurar emprego

Empréstimo do governo está mantendo seus aviões no ar para que a empresa tenha tempo de negociar com os investidores

Reuters

09 Outubro 2017 | 19h46

BERLIM - Os vôos operados pela companhia aérea alemã insolvente Air Berlin serão encerrados no dia 28 de outubro, afirmou a empresa nesta segunda-feira, 9, e solicitou aos funcionários que procurem emprego em outros lugares, enquanto trabalha na cisão de seus ativos.

A Air Berlin se declarou insolvente em agosto, e um empréstimo do governo está mantendo seus aviões no ar para que tenha tempo de negociar com os investidores.

As conversas com a Lufthansa e a easyJet devem prosseguir até quinta-feira, 12, e, uma vez que cheguem a um acordo pelas partes, a Air Berlin terá que encerrar o restante da operação.

O vice-ministro da economia da Alemanha, Matthias Machnig, disse que está confiante de que um acordo será firmado na quinta-feira.

++ Embraer vai remodelar seu jato mais popular em 2018

“Após os contratos de compra serem firmados, a empresa deve encerrar suas operações passo a passo”, disse a Air Berlin em comunicado.

A maioria dos voos longos da companhia já foi cancelada e os restantes serão encerrados em 15 de outubro.

Mais conteúdo sobre:
Aviação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.