Ipem apreende lâmpadas decorativas de Natal

O Instituto de Pesos e Medidas de São Paulo (Ipem-SP), da Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania do Governo do Estado de São Paulo, realizou ontem e hoje a Operação Pisca-Pisca para fiscalizar o comércio de lâmpadas decorativas de Natal na região central da cidade de São Paulo. Os fiscais do Ipem-SP visitaram 17 lojas e apreenderam 98 conjuntos de lâmpadas pisca-pisca. A supervisora técnica de qualidade do Ipem-SP, Ivete Regina Boldrini, avisa que a principal irregularidade encontrada nos produtos foram as informações com relação a potência dos produtos. "O correto seria os produtos indicarem em suas embalagens a potência de 127 volts e nas embalagens apreendidas dos produtos estavam 110 volts", explica. Os fiscais do Ipem-SP analisaram 3.675 conjuntos de lâmpadas e apreenderam 98. O Ipem-SP fez uma apreensão cautelar dos produtos e notificou os lojistas. Os comerciantes têm 10 dias para apresentar defesa e podem levar multas que variam de R$ 40,00 a R$ 2,4 mil. "A multa é aplicada para os lojistas que vendem produtos fora do padrão de qualidade exigido pela lei", avisa a supervisora do Ipem-SP. Em casos de reincidência, o valor da multa dobra. No ano passado, o Ipem-SP fiscalizou 27.830 lâmpadas decorativas das quais 11 mil foram apreendidas. Fiscalização de produtos natalinos Na segunda e terça-feira da próxima semana, o Ipem-SP estará analisando o peso e o volume de mais de cem produtos natalinos de diversas marcas e tamanhos na capital e no interior paulista. Entre eles, panetone, nozes, vinho e frutas cristalizadas.

Agencia Estado,

07 Dezembro 2001 | 18h18

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.