1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Juro do empréstimo à pessoa física atinge 43,2% em julho, o maior porcentual desde 2011

Célia Froufe, Victor Martins - Agência Estado

26 Agosto 2014 | 10h 45

Em 12 meses, a taxa média do crédito subiu 7 pontos, segundo Banco Central

BRASÍLIA - A taxa média de juros do crédito livre subiu de 32% ao ano em junho para 32,3% ao ano em julho, segundo do Banco Central. Para pessoa física, a taxa passou de 43% em junho para 43,2% em julho, o maior juro desde março de 2011, quando começou a série. Naquele mês, a taxa foi de 41,36%.

Em 12 meses, a taxa do crédito à pessoa física, em recursos livres, subiu 7 pontos. Para pessoa jurídica, houve alta de 22,6% para 23,1% de junho para julho. Em 12 meses, o crédito para empresas subiu 3,1 pontos. Os recursos livres são todo tipo de crédito não direcionado. Financiamentos imobiliários, por exemplo, entram na categoria de crédito direcionado. Recursos livres incluem cartão de crédito, empréstimo pessoal e outros.

No ano, a taxa média do crédito livre subiu 3,3 pontos porcentuais. Em 12 meses até julho, o avanço é de 4,8 pontos porcentuais, acima portanto da taxa média de juros Selic, que avançou 2 pontos no mesmo período. 

Atualmente, a Selic - considerada a taxa média do mercado e usada como balizador para empréstimos, financiamentos e rendimentos da renda fixa - está em 11%. Em agosto de 2013, estava em 9%.

Entre as principais linhas de crédito livre para pessoa física, o destaque vai para o cheque especial, cuja taxa subiu de 171,5% em junho para 172,4% no mês passado. Para o crédito pessoal, a taxa total subiu de 45,5% em junho para 45,8% em julho. 

No caso de consignado, a taxa passou de 25,6% para 25,9% de junho para julho e, nas demais linhas, de 100,3% para 101,4%. No caso de aquisição de veículos para pessoas físicas, os juros passaram de 23,0% para 23,1% de um mês para outro. A taxa média de juros no crédito total, que também inclui as operações direcionadas, subiu de 21,1% em junho para 21,4% em julho. 

Spread. O spread bancário médio no crédito livre subiu de 20,9 pontos porcentuais em junho para 21,4 pp em julho. O spread é a diferença entre a taxa que o banco consegue captar o dinheiro no mercado e a que ele empresta. O spread médio da pessoa física no crédito livre passou de 31,3 pp para 31,7 pp. Para pessoa jurídica, o spread médio avançou de 11,9 pp para 12,6 pp no período. 

O spread médio do crédito direcionado passou de 2,8 pp de junho para 3,0 pp em julho. O spread médio no crédito total (livre + direcionado) subiu de 12,7 pp para 13,1 pp. O BC informou também que a taxa de captação dos bancos no crédito livre caiu de 11,1% ao ano em junho para 10,9% no último mês. 

Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo