L’Oréal investe R$ 160 milhões em centro de pesquisa no Rio

L’Oréal investe R$ 160 milhões em centro de pesquisa no Rio

A empresa afirma que o centro foi criado para acelerar a inovação e o desenvolvimento de produtos para atender a diversidade das expectativas de beleza dos consumidores brasileiros

Vinicius Neder, O Estado de S.Paulo

24 Outubro 2017 | 19h45

RIO - A fabricante de cosméticos francesa L’Oréal inaugurou nesta terça-feira, 24, um Centro de Pesquisa e Inovação, em área vizinha ao campus da UFRJ, na Ilha do Fundão, zona norte do Rio. A empresa informou, em nota, que o centro “foi criado para acelerar a inovação e o desenvolvimento de produtos para atender a diversidade das expectativas de beleza dos consumidores brasileiros”.

A multinacional francesa, que registrou vendas de 25,8 bilhões de euros ano passado e emprega 89 mil pessoas em todo o mundo investiu R$ 160 milhões na unidade. A L’Oréal tem sete centros de inovação pelo mundo, incluindo a unidade carioca inaugurada nesta terça-feira.

Segundo a nota divulgada pela assessoria de imprensa da companhia, o novo Centro de Pesquisa e Inovação tem duas missões. O primeiro é “acelerar o desenvolvimento local de inovações em categorias onde os brasileiros são altamente exigentes, como cuidados com os cabelos, proteção solar e higiene”. Produtos desenvolvidos na nova unidade tem potencial de lançamento mundial.

A segunda missão do centro é “tornar as melhores inovações da L’Oréal relevantes para consumidores brasileiros e latino-americanos através de desenvolvimentos locais e da customização de tecnologias mundiais”.  A nota da L’Oréal ressalta ainda que a empresa mantém atividade de pesquisa no Brasil desde 2009. Os investimentos vinham sendo feitos em cerca de 15 projetos de colaboração com universidades e institutos de pesquisa, como a UFRJ, a Universidade Federal do ABC (UFABC), a Universidade Federal de Itajubá (em Minas Gerais) e uma unidade da Fiocruz em Rondônia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.