Beto Nociti/Banco Central
Beto Nociti/Banco Central

Mercado projeta corte de 0,25 ponto percentual da Selic nesta semana

Relatório do Mercado Focus divulgado nesta segunda-feira, 5, aponta que a taxa básica de juros cairá para 6,75% na reunião do Copom desta semana, encerrando o atual ciclo de corte de juros do Banco Central

Fabrício de Castro, Broadcast

05 Fevereiro 2018 | 09h03

Os economistas do mercado financeiro projetam que a Selic (a taxa básica de juros) cairá 0,25 ponto porcentual nesta semana, de 7,00% para 6,75% ao ano. Neste ponto, o Banco Central encerraria o atual ciclo de cortes de juros. Essas projeções fazem parte do Sistema de Expectativas de Mercado do relatório Focus, divulgado nesta segunda-feira, 5, pelo BC.

Os dados do Focus indicam ainda que o mercado espera pela manutenção da Selic em 6,75% ao ano até janeiro de 2019, quando o BC daria início a um novo ciclo, com alta de 0,25 ponto porcentual da taxa básica, para 7,00%. Nova elevação é esperada para março de 2019, para 7,50%. Depois, a projeção é de alta para 7,75% ao ano em abril e para 8,00% em maio.

PIB. O Focus de hoje também traz uma leve alteração das previsão para o PIB de 2018. A expectativa de alta foi de 2,66% para 2,70%, informa o relatório divulgado há pouco. Há um mês, a perspectiva estava em 2,69%. Para 2019, o mercado manteve a previsão de alta do PIB de 3,00%. Quatro semanas atrás, a expectativa era de 2,80%.

Inflação.  Os economistas alteraram levemente suas projeções para o IPCA - o índice oficial de preços - para 2018. O Relatório Focus de hoje mostra que a mediana para o IPCA este ano foi de 3,95% para 3,94%. Há um mês, estava em 3,95%. Já a projeção para o índice de 2019 permaneceu em 4,25%, mesmo porcentual de quatro semanas atrás.

Na prática, as projeções de mercado divulgadas nesta segunda-feira no Focus indicam que a expectativa é de que a inflação em 2018 fique dentro da meta, de 4,5%, com margem de tolerância de 1,5 ponto porcentual (índice de 3,0% a 6,0%). Para 2019, a meta é de 4,25%, com margem de 1,5 ponto (de 2,75% a 5,75%).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.