1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Mercado de frete marítimo vê alta de custos em caso de ocorrência de El Niño

Reuters

05 Junho 2014 | 12h 53

A potencial ocorrência do fenômeno climático El Niño, que pode afetar safras globais, deve alterar padrões de embarques e elevar custos de frete marítimo, tendo impacto para fornecedores e importadores que precisam cobrir suas necessidades com compras em longas distâncias.

O El Niño, um aquecimento das temperaturas na superfície do Oceano Pacífico, pode provocar enchentes e secas em diferentes regiões, atingindo importantes áreas produtoras, incluindo a produção de arroz, trigo e cana. As previsões climáticas cada vez apontam maior probabilidade de seu retorno em 2014 pela primeira vez em cinco anos.

Nas ocorrências anteriores de El Niño, o principal índice de frete marítimo da bolsa de Londres Baltic Exchange subiu significativamente.

"As mudanças climáticas podem levar a mudanças no comércio de commodities agrícolas", disse Marc Pauchet, da corretora marítima ACM.

"Grãos e outras commodities agrícolas são sensíveis à chuva e não podem ser carregadas ou descarregadas em condições de umidade. Isso potencialmente levaria a um congestionamento nos portos e um aumento no tempo de espera", disse Burak Cetinok, da consultoria Hartland Shipping. "Em teoria, isso teria um impacto positivo em taxas de frete."

(Por Jonathan Saul)