1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Mercados têm movimentação limitada esperando estabilização na Europa

WAYNE COLE - REUTERS

11 Julho 2014 | 07h 57

A maioria dos mercados acionários asiáticos recuou nesta sexta-feira e houve demanda por ativos seguros uma vez que investidores esperavam para ver como as ações da Europa reagiriam ao mais novo surto de problemas bancários na região.

Às 7h39 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão caía 0,28 por cento, enquanto que o índice japonês Nikkei reduziu perdas e fechou em queda de 0,34 por cento.

O movimento na Ásia foi de modo geral modesto, com mercados mistos na região. As bolsas de Hong Kong, da Coreia do Sul, e de Taiwan tiveram perdas, mas as da China, de Cingapura e da Austrália fecharam em alta.

Os investidores foram encorajados por sinais de que fundos estavam tirando dinheiro de dívida de países periféricos da zona do euro e buscando retornos mais altos no mundo emergente. Foi notável que o índice MSCI de ações de mercados emergentes tenha subido na quinta-feira, tendo atingido uma máxima de 17 meses no começo da semana.

As ações europeias sofreram à medida que a negociação do papel do Banco Espírito Santo foi interrompida após despencar 19 por cento na quinta-feira. Isso aconteceu após o maior acionista do banco, a Espírito Santo Financial Group, ter anunciado a suspensão das suas ações, ampliando receios sobre as dificuldades de empresas do grupo.