1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Merkel está insatisfeita com aparente novo foco fiscal de Draghi, diz revista

REUTERS

31 Agosto 2014 | 12h 44

Uma revista de notícias alemã publicou neste domingo que a chanceler alemã Angela Merkel está descontente com o presidente do Banco Central Europeu, Mario Draghi, por ele ter aparentemente proposto uma maior ênfase ao estímulo fiscal no lugar da austeridade, para impulsionar o crescimento na Europa.

A Der Spiegel publicou, sem citar nenhuma fonte, que Merkel e seu ministro das finanças, Wolfgang Schaeuble, telefonaram para o presidente do BCE na semana passada para censurá-lo por comentários que ele fez durante um discurso em Jackson Hole, no Wyoming (EUA), em 22 de agosto.

Um porta-voz do governo alemão contradisse essa versão dos acontecimentos, dizendo que "a afirmação de que a chanceler censurou o presidente Draghi não corresponde aos fatos de forma alguma". O porta-voz não deu mais detalhes sobre o telefonema.

Draghi disse em uma conferência de presidentes de bancos centrais que seria "útil para a orientação geral da política" se a política fiscal pudesse desempenhar um papel maior junto à política monetária do BCE.

(Por Stephen Brown)