Montadoras anunciam reajuste de preços

Sete montadoras mexeram em suas tabelas de preços nas últimas semanas. O maior índice de aumento foi para o Jaguar XK8 conversível (31,1%), e o menor, de 0,6%, foi adotado pela General Motors para toda a linha Celta, Corsa, S10 e Blazer e pela Peugeot para algumas versões da linha 206. O carro mais acessível da General Motors, o Celta 1.0, passa a custar R$ 15.643,00. Pela Internet, o Celta parte de R$ 14.780,00. Da linha Vectra, o maior reajuste (4,4%) ficou para a versão CD 16V 2.2, agora por R$ 52.439,00. A Peugeot aumentou anteontem os preços. O reajuste variou de 0,4% a 0,6% para a linha 206. A versão hatchback de cinco portas com motor 1.0 16V subiu de R$ 21.430,00 para R$ 21.550,00. Já a versão 206 Rallye de três portas, que já inclui como item de série o ar-condicionado, parte agora de R$ 30.580,00. Os furgões Partner e Boxer, oferecidos pela marca francesa, também tiverem aumento de preços. O Partner 1.8 foi reajustado em 4,5%. O furgão agora é oferecido por R$ 22.920,00. Já o Boxer, com capacidade para 10 passageiros, custa R$ 45.388,00. A Audi também aumentou alguns preços, como os da linha A3, que ficou 0,3% mais cara. O A3 1.6 parte agora de R$ 44.118,00. Houve reajuste ainda do preço do Allroad Turbo Quattro 2.7 de 2,5% e do S8 Quattro 1.8 de 1,5%. Importados Com a chegada da linha 2002 da Volvo (mais informações na página 4), os preços subiram em até 7,6%. O modelo S60, o mais vendido da marca no País, teve reajuste de 2,5% para a versão 2.0 Turbo. O S40 foi o modelo que mais subiu de preço (7,6%), custando agora R$ 101,2 mil. As picapes Hilux 2002 da Toyota vindas da Argentina também subiram. O maior aumento (3,2%) ficou por conta da Hilux 4x4 cabine dupla turbodiesel. A BMW foi outra que trouxe aumentos com a virada da linha. Os reajustes, que variaram de 1,7% a 7,9%, foram aplicados para os modelos, exceto o 525i e 540i. Com o lançamento da Série 3 2002, a BMW aumentou de 0,8% a 5,1% os carros dessa linha. O 320iA foi o que mais subiu de preço (5,1%) se comparado ao restante da linha. O modelo passou a custar R$ 105.000,00 contra os R$ 99.900,00 que eram pedidos na versão 2001. O X5 3.0 que custa agora R$ 195.000,00 teve aumento de 5,4%. Já o utilitário com motorização 4.4 passa a ser oferecido por R$ 225.000,00. O superesportivo Z8 teve seu preço acrescido em 1,7%, custando agora R$ 590 mil. A Jaguar reajustou de forma significativa os preços de seus carros, com variação de 2,4% a 31,1%. O maior aumento ficou para o conversível XK8, que passou de R$ 350 mil para R$ 459 mil. O menor reajuste, de 2,4%, ficou para o X-Type 3.0.

Agencia Estado,

05 Dezembro 2001 | 10h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.