Na Grande São Paulo, Guarulhos é campeã

Osasco, Barueri, São Bernardo e Santo André completam o ranking das 5 cidades com maior número de lançamentos

Especial para O Estado

13 Junho 2017 | 22h30

Na Região Metropolitana de São Paulo, a cidade de Guarulhos foi a campeã em lançamentos com 2,5 mil novos apartamentos, vendidos em média por R$ 4.843 o metro quadrado.

Em Guarulhos, a Econ lançou o UP Lagoa dos Patos. Em um terreno de 5,4 mil metros quadrados, serão construídas duas torres. Os apartamentos de dois dormitórios tem de 42 a 55 m², com e sem terraço. As opções de lazer incluem salões de jogos e de festas, piscinas adulto e infantil e miniquadra gramada. Fica na Vila Galvão.

A diretora de incorporação da Econ, Gil Vasconcelos, elogia a iniciativa do governo federal de ter aumentado neste ano o teto do MCMV para R$ 240 mil na cidade de São Paulo. Antes, o limite era R$ 225 mil. “É lógico que os R$ 240 mil consegue enquadrar mais gente, mas não é por isso que estamos vendendo bem”, diz, explicando que a Econ trabalha com a média de R$ 200 mil para venda de seus produtos. “Já estava enquadrado no teto anterior de R$ 225 mil.” No caso das cidades da região metropolitana, o teto subiu para R$ 230 mil.

Vice. Osasco, com 2 mil unidades, conquistou o segundo lugar em número de lançamentos e tem o preço mais alto do ranking da Embraesp, na faixa de R$ 6.260/m².

Barueri, incluindo Alphaville e Tamboré, vem a seguir, com 1.166 novos imóveis, com preço médio de R$ 6.051/m².

 

São Bernardo do Campo, com 847 unidades, e Santo André, com 826, fecham a lista da Embraesp com os cinco municípios com o maior número de novidades que chegaram ao mercado no entorno da capital paulista.

Os valores nas duas cidades da Região do ABC variam, em média de R$ 5.450 a R$ 6.019 por m², respectivamente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.