1. Usuário
Assine o Estadão
assine

No Twitter, Dilma comemora números do IBGE sobre emprego

Agência Estado

30 Janeiro 2014 | 17h 01

Taxa média de desemprego no País caiu para 5,4% em 2013, a menor da história, segundo o instituto

A presidente Dilma Rousseff comemorou os dados da Pesquisa Mensal de Emprego (PME), divulgados nesta desta quinta-feira, 30, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

"O IBGE divulgou hoje que a taxa de desemprego nas seis maiores regiões metropolitanas do País em 2013 foi a menor da história", citou Dilma, em conta no microblog Twitter. Segundo a presidente, "é o retrato de um país que vem criando oportunidades de emprego. Os números são impressionantes quando analisados ao longo do tempo".

Dilma sugere que seja comparada a situação atual com a de 2003, "quando assumimos o governo", e ressalta que em relação a 2003, aumentou o nível da ocupação dos jovens de 18 a 24 anos (de 53,8% para 59,2%) e da população negra (de 48,5% para 53,5%) e que a parcela de trabalhadores com carteira de trabalho assinada no setor privado cresceu de 39,7%, em 2003; para 50,3%, em 2013.

Outro ponto de destaque, segundo a presidente, foi que "o rendimento dos trabalhadores negros aumentou 51,4% entre 2003 e 2013, indicador de redução de desigualdade". Ela mencionou, ainda, que na última década, a proporção de pessoas ocupadas com 11 anos ou mais de estudo cresceu de 46,7% para 63,8%.

IBGE. A taxa de desemprego apurada pelo IBGE nas seis principais regiões metropolitanas do País ficou em 4,3% em dezembro de 2013. Em novembro, a taxa foi de 4,6%.

Considerando todo o ano, a taxa de desemprego média de 2013 apurada pelo IBGE nas seis principais regiões metropolitanas do País ficou em 5,4%, ante 5,5% em 2012.

O rendimento médio real dos trabalhadores registrou variação de 1,8% em 2013 em relação a 2012, para R$ 1.929,03. Já a massa de renda real habitual aumentou 2,6% em 2013 ante 2012, para R$ 45,0 bilhões.