DIDA SAMPAIO/ESTADÃO
DIDA SAMPAIO/ESTADÃO

No Twitter, Temer comemora leilão de pré-sal: 'O Brasil voltou', diz

Para presidente, após quatro anos sem leilões de pré-sal, País mostra que atrai interesse de empresas

Carla Araújo e Felipe Frazão, O Estado de S.Paulo

27 Outubro 2017 | 15h37

BRASÍLIA - O presidente Michel Temer usou as redes sociais para comemorar o resultado do leilão dos campos de pré-sal da Agência Nacional de Petróleo (ANP). Para ele, depois de quatro anos sem ofertas do tipo, "o Brasil mostra que atrai o interesse das empresas. O Brasil voltou".

"Leilão do pré-sal: R$ 6,15 bilhões em arrecadação, mais investimentos e empregos para o povo brasileiro", escreveu o presidente, para concluir que "O Brasil entra em novo ciclo de crescimento. Para ele, "o  esforço do governo para tornar regras mais claras fez desta sexta-feira um dia histórico".

Temer acompanhou o desenrolar do imbróglio judicial envolvendo a liminar e recurso em torno do leilão do pré-sal e foi informado pela ministra da Advocacia-Geral da União (AGU), Grace Mendonça, que o governo havia conseguido garantir a realização do leilão. 

A ministra foi na manhã de sexta-feira, 27, ao gabinete do primeiro Tribunal Regional Federal em Brasília, onde conversou com o desembargador Hilton Queiroz e apresentou os argumentos da AGU para garantir a realização do leilão. Assim que a decisão que derrubou a liminar foi assinada ela telefonou para o presidente.

Segundo fontes do Planalto, Temer também foi informado do andamento do caso pelo sub-chefe de Assuntos Jurídicos da Casa Civil, Gustavo do Vale Rocha. Advogado de confiança do presidente, Rocha também esteve no TRF1 para acompanhar extraoficialmente a situação.

Leilão. Com a liminar suspensa, o leilão gerou ao governo uma arrecadação de R$ 6,15 bilhões. Duas áreas não foram vendidas, o que reduziu em R$ 1,6 bilhão o valor previsto (R$ 7,75 bilhões).

A Petrobras e a Shell foram as petroleiras que mais compraram no leilão, e venceram em parceria a disputa pelo campo no entorno de Sapinhoá, na bacia de Santos. No total, sete empresas venceram a 2ª Rodada e seis a 3ª Rodada. 

Mais conteúdo sobre:
Pré-sal Michel Temer Petrobrás

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.