1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Nono dígito entra em vigor São Paulo; veja os principais pontos da medida

Nayara Fraga, do Estadão.com.br

28 Julho 2012 | 21h 33

Mudança é obrigatória e gratuita para o DDD 11, e vai possibilitar o aumento da capacidade de numeração de 44 mi para 90 mi

SÃO PAULO - A partir deste domingo, 29, os números de celulares de São Paulo e outros 63 municípios ganharão um 9 à esquerda. A medida, conduzida pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), órgão que regula o setor, é obrigatória e gratuita para o DDD 11. Ela vai possibilitar o aumento da capacidade de numeração de 44 milhões para 90 milhões. Hoje, existem 34,2 milhões de chips ativos e 8 milhões nos estoques das operadoras. Ou seja, 95% dos números já têm praticamente um dono.

O nono dígito deverá ser usado no restante do País também, mas não há data oficial anunciada para que isso ocorra. A previsão da Telebrasil, associação que reúne empresas de telecomunicação, é que todos os celulares do Brasil ganhem um 9 à esquerda até 2016.

A medida entra em vigor justamente quando as operadoras estão proibidas de vender chips em determinados Estados por causa das reclamações de consumidores sobre os serviços prestados(linkar com post do telebrasil tb).

Em São Paulo, as alterações poderão gerar instabilidade pontuais nos serviços por causa da migração dos equipamentos e sistemas que será feita pelas empresas, segundo a Anatel. As operadoras enviaram mensagens aos clientes com o alerta da possível instabilidade: "Em função da inclusão do nono dígito nos celulares do DDD 11, ao longo do dia 29/07 poderá ocorrer instabilidade no nosso atendimento, serviços e sistemas", informou a TIM.

Veja abaixo as principais dúvidas em relação ao nono dígito:

* Por que os celulares da área 11 terão de acrescentar o 9 à frente do número?

A Anatel decidiu, através da Resolução nº 553/10, aumentar a disponibilidade de números de telefones móveis para conseguir atender a demanda na região metropolitana de São Paulo.

* O 9 também será acrescentado nos números de telefone fixo?

Não. Os telefones fixos continuarão com os mesmos números.

* O que acontece com os telefones celulares que começam com o número 5?

Eles terão o 9 adicionado à esquerda, assim como os celulares que começam com outros números e têm DDD 11. Os fixos que começam com 5 não serão alterados.

* Como serão feitas as ligações de outro Estado para São Paulo?

O procedimento será o mesmo. A pessoa deverá discar 0 + código da operadora + 11 + 9XXXXXXXX.

* As ligações serão completadas se o usuário digitar só os 8 números?

Até 7 de agosto, a pessoa que discar os 8 dígitos conseguirá completar a ligação normalmente. Do dia 8 de agosto ao 16 de setembro, o usuário ouvirá uma gravação com o lembrete do nono dígito. As operadoras, nessa etapa, podem optar se completam a ligação para o cliente. De 17 de setembro a 15 de janeiro de 2013, todas as chamadas não serão completadas e permanece a gravação com o aviso da mudança. Daí em diante, nenhuma ligação será completada e não mais haverá interceptação.

* O cliente pode manter o número atual?

Não. É obrigatória a adição do 9 à esquerda.

* O novo dígito será adicionado aos números de todas as empresas de telefonia móvel?

Os números das empresas que utilizam operações de conexão direta via rádio não serão alterados. Apenas os celulares das empresas que prestam Serviço Móvel Especializado mudarão: TIM, Oi, Claro, Vivo. 

* O que acontece com a agenda do celular?

O usuário é o responsável por alterar sua agenda. Há alguns aplicativos que podem ajudar nessa tarefa. Conheça opções de aplicativos testados pelo Link e pelo Radar Tecnológico.