1. Usuário
E&N
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Ovos e bacalhau em até seis meses

- Atualizado: 25 Março 2016 | 05h 00

Estratégia, usada pela primeira vez no País pela rede de supermercados, é uma maneira de estimular os consumidores a manter os planos para a comemoração da Páscoa

Chocolates ficaram 13,3% mais caros

Chocolates ficaram 13,3% mais caros

Com as dificuldades econômicas enfrentadas pela maior parte dos consumidores e o crescimento do preço médio dos produtos alimentícios, a estratégia das grandes redes de supermercado para alavancar as vendas na Páscoa foi permitir o parcelamento de itens, como ovos de chocolate e bacalhau, que compõem a mesa do brasileiro no feriado da Semana Santa.

A rede de supermercados Walmart, por exemplo, parcela qualquer tipo de chocolate, todos os produtos da peixaria, vinhos e azeites em até seis parcelas, sem juros.

A estratégia, que é usada pela primeira vez no País pela rede de supermercados, é uma maneira de estimular os consumidores a manter os planos para a comemoração da Páscoa, apesar de a confiança no crescimento econômico estar em baixa.

Até ano passado, a empresa parcelava apenas ovos de Páscoa, enquanto outros tipos de chocolates e peixes tinham de ser pagos à vista. 

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em EconomiaX