Sergio Castro/Estadão
Sergio Castro/Estadão

Ovos e bacalhau em até seis meses

Estratégia, usada pela primeira vez no País pela rede de supermercados, é uma maneira de estimular os consumidores a manter os planos para a comemoração da Páscoa

MATHEUS MAN, O Estado de S. Paulo

25 Março 2016 | 05h00

Com as dificuldades econômicas enfrentadas pela maior parte dos consumidores e o crescimento do preço médio dos produtos alimentícios, a estratégia das grandes redes de supermercado para alavancar as vendas na Páscoa foi permitir o parcelamento de itens, como ovos de chocolate e bacalhau, que compõem a mesa do brasileiro no feriado da Semana Santa.

A rede de supermercados Walmart, por exemplo, parcela qualquer tipo de chocolate, todos os produtos da peixaria, vinhos e azeites em até seis parcelas, sem juros.

A estratégia, que é usada pela primeira vez no País pela rede de supermercados, é uma maneira de estimular os consumidores a manter os planos para a comemoração da Páscoa, apesar de a confiança no crescimento econômico estar em baixa.

Até ano passado, a empresa parcelava apenas ovos de Páscoa, enquanto outros tipos de chocolates e peixes tinham de ser pagos à vista. 

Mais conteúdo sobre:
Páscoa Semana Santa Crise Econômica

Encontrou algum erro? Entre em contato

0 Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.