Alan Santos/PR
Alan Santos/PR

País foi tomado por onda de pessimismo nos últimos tempos, diz Temer

Em Salvador, presidente elogiou a atuação de Henrique Meirelles e enalteceu a relação entre seu governo e a iniciativa privada

Caio Rinaldi e Thaís Barcellos, O Estado de S.Paulo

06 Abril 2018 | 22h51

SÃO PAULO - Em discurso em Salvador, o presidente Michel Temer (MDB) falou na noite desta sexta-feira, 6, que o País foi tomado por uma onda de pessimismo nos últimos tempos.

+++ Corrupção no governo é a notícia mais lembrada da gestão Temer, diz Ibope

"Antes, o otimismo no Brasil era bem maior, não havia diferença tão grande entre os brasileiros", declarou.

+++ Henrique Meirelles deixa o Ministério da Fazenda

O presidente participou de solenidade de apresentação da nova diretoria da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb).

+++ Temer defende uso das Forças Armadas na segurança pública

O presidente enalteceu a relação entre seu governo e a iniciativa privada. "A governabilidade vem pela conjugação do setor público com a iniciativa privada", disse, ressaltando que os avanços conquistados durante sua gestão não seriam possíveis sem esta parceria. "Enfrentamos as maiores dificuldades do governo num período de dois anos, mas o País não parou."

O presidente também elogiou o trabalho do ex-ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, que nesta sexta deixou o cargo para tentar disputar as eleições deste ano.

"Foram mais de 1,5 milhão de empregos criados nestes quatro últimos trimestres", apontou.  

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.