Ilustração/You Inc
Ilustração/You Inc

Parceiros investem em produto compacto

You e Tibério, premiadas nas categorias de incorporadora e construtora, fizeram cinco lançamentos durante 2016 e um em abril deste ano

Débora Ribeiro, Especial para O Estado

13 Junho 2017 | 22h30

A parceria entre a You Inc e a Tibério Construções gerou cinco empreendimentos, o total de lançamentos feitos pelas duas empresas em 2016. São dois projetos na zona oeste da capital paulista – You Estação Madalena e You Faria Lima – e três na zona sul: You Klabin, You Link Paulista e You Sena Madureira.

“Foram 800 apartamentos com valor global de R$ 500 milhões”, afirma o diretor executivo Eduardo Muszkat, da You, criada em 2009 e premiada na categoria das incorporadoras, pela segunda vez consecutiva.

“Investimos no desenvolvimento de edifícios de uso misto, de projetos com fachada ativa e unidades compactas, com ou sem vaga de garagem”, diz o diretor da Tibério, Carlos Tibério. Premiada em 10º lugar no ranking das construtoras, a empresa faz 53 anos em 2017.

Prontos. Neste ano, a Tibério já entregou seis empreendimentos, sendo dois feitos em conjunto com a You. Até dezembro, segundo o diretor, mais 11 projetos ficarão prontos.

Carlos Tibério conta que, em 2015, lançou sete empreendimentos, com o total de 1.127 apartamentos. Em comparação com a produção do ano passado, houve uma queda de 30%.

Para obter melhor colocação dos produtos no mercado, a Tibério adotou como estratégia uma adaptação dos projetos ao poder aquisitivo atual do público. “Desenvolvemos empreendimentos com valores e tamanhos adequados para o comprador”, afirma. “Isso garantiu boa performance em vendas.”

Na sua avaliação, o cenário econômico segue difícil e afeta o desempenho do setor. “Devido à estratégia cautelosa e ao planejamento, conseguimos manter bom resultado”, avalia.

Em 2016, os dois principais sucessos de vendas, segundo Tibério, foram o You Link Paulista e You Faria Lima, com unidades compactas, nos bairros da Bela Vista e de Pinheiros.

O diretor executivo da You também destaca as vendas do Link Paulista, lançado em setembro de 2016. Serão duas torres na Rua Martiniano de Carvalho, em frente à Beneficência Portuguesa, diz Muszkat. Um prédio é só para studios e um dormitório, o outro terá apartamentos com dois e três quartos.

“Esse produto atinge um público bem amplo”, diz Muszkat. “No lançamento, vendeu o prédio inteiro de studios.” Na sequência, foram lançados o Sena Madureira, em outubro, e o Faria Lima em dezembro.

Em São Paulo, de acordo com Muszkat, o segmento que sempre dá resultado é o de apartamentos compactos. “No máximo 90 m², perto dos eixos de transporte público e estações de metrô”, diz.

Redução. Com a crise, a You reduziu os lançamentos no ano passado. “De R$ 600 milhões em 2015 para R$ 500 milhões em 2016”, diz. “Uma diferença de 20%, porque o mercado estava menos comprador”, afirma.

As vendas somaram 1.300 unidades em 2016 – para o total de 800 apartamento lançados. “Vendi mais do que lancei porque no final de 2015 lançamos muito no último trimestre, e ainda havia estoque de produtos”, declara Muszkat.

Em 2016, a área dos apartamentos da You variou de 24 m² a 69 m², de studio até três dormitórios. Em termos de preço, a unidade mais barata saiu por R$ 300 mil, e a mais cara em torno de R$ 700 mil. “Essa é a faixa que cabe no bolso de quem ganha R$ 7 mil a R$ 20 mil de renda bruta por mês.”

Muszkat espera realizar o “mesmo volume do ano passado”. Tem dois lançamentos já previstos para a zona oeste da capital. Outro deve ser ao lado do Parque da Cidade, entre as ruas da Consolação e Augusta.

Em 2017, ele lançou o You Boulevard Tatuapé, no início de abril, na zona leste. O empreendimento é mais uma parceria com a construtora Tibério.

Cenário. “Diante do cenário econômico, o principal desafio é continuar encontrando um caminho que permita à empresa perpetuar o seu negócio e manter-se lucrativa”, argumenta Carlos Tibério.

Muskat não quer parecer “demasiadamente otimista”, mas, com a queda da taxa de juros e o controle da inflação, aposta em uma forte retomada do mercado imobiliário.

“Todo o ambiente de negócios no Brasil se torna mais viável, a economia passa a crescer e o nosso segmento também”, afirma o diretor executivo da You. “O maior entrave, e ponto a ser resolvido para se ter um mercado mais estável, é a resolução do tema dos distratos.” / COLABOROU HERALDO VAZ

Mais conteúdo sobre:
Bela Vista

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.